sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

PROJETO VERDE VIDA - OFICINA DE GRAFITI



O Projeto Verde Vida durante o decorrer deste ano conseguiu várias parcerias, inclusive com o Criança Esperança e a Petrobrás, oportunizando aos jovens de nossa comunidade um perspectiva de aprenderem uma profissão, principalmente nas artes. Várias oficinas foram realizadas com muito êxito. Dentre elas destacamos aquí o oficina de Grafite que está sendo realizado com 15 jovens. Devemos dizer que vários espaços estão sendo trabalhados nas aulas práticas. que são ministradas pela REAL GRAFFITI, tendo como ministrantes, os artistas Frank e Dema, Debtre estes espaços, destacamos a faixada da residência onde funciona a Rádiodifusora Ponta da Serra(RPS). Veja que belíssimo trabalho realizado!

CONFRATERNIZAÇÃO NATALINA : URCA 8º SEMESTRE NOITE












Na sexta-feira passada, dia 19.12, na Casa da Pizza, ao lado da Urca aconteceu a confraternização natalina dos alunos do oitvavo semestre do curso de História, turno noite, da Faculdade Regional do Cariri - Urca. Como de sempre, foi um momento de muitas descontrações que contou com quase todos da sala. Deixemos que as imagens falem por si.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

PROJETO VERDE VIDA NA FEIRA

Feira se faz com arte e cultura

O Projeto Verde Vida participa da Feira Distrital de Ponta da Serra que aconteceu neste sábado 20 a partir das 8h na praça da Igreja Matriz.
Circo, Artesanato e muita música fizeam parte do evento, além da feira de alimentos naturais produzidos pelo projeto Agroflorestação Recuperando Ambientes.

Apresentações

Encerrando as atividades de 2008 o Grupo Circo Escola do Projeto Verde Vida apresenta, parte do espetáculo Resgatando Cidadania, que aborda os direitos e deveres da criança e do adolescente. Encenado pelo facilitador da oficina de Circo Robson Sales juntamente com 20 crianças foi agregado a este espetáculo o teatro gestual e a mímica, além de malabares, palhaços, contorcionismo, pirâmide e acrobacia de solo.
Construído a partir do universo Verde Vida, pinturas em barro, madeira e cerâmica comporão o artesanato desenvolvido pelas crianças durante as aulas de Artes Plásticas ministradas por Marcos Xenofonte.
A música foi apresentada pelo recente grupo Pisa na Fulô que traz em seu repertório o autêntico forró pé-de-serra, além de músicas autorais. Coordenado pelos músicos Fábio Belisário e Cícero Ronaldo farão a animação da festa.

O evento
A Feira é um evento idealizado pelo projeto Agroflorestação Recuperando Ambientes com os apoios da Associação Comunitária, do Sindicato dos Trabalhadores Rurais – STR e o Sistema Integrado de Saneamento Rural - SISAR e realizado pela Associação Cristã de Base – ACB.

Hosana Régia Quinderé
Assessoria de Comunicação
Projeto Verde Vida – Ponta da Serra – Crato-CE

PRIMEIRA FEIRA DISTRITAL EM PONTA DA SERRA









Na manhã deste sábado, dia 20, realizou-se na Praça Manuel Ribeiro de Matos o lançamento da Feira Distrital de Ponta da Serra com a participação de 17 feirantes com mais de 50 produtos diversificados da agricultura familiar, frutas, verduras, legumes, aves, ovos, trabalhos artesanais, doces, bolos, tortas, caldos, tapioca, e mais: sandálias, bolsas. Almofadas, panelas, brincos, porcelana, etc.
Realização: Associação Cristã de Base – ACB. Patrocínio: Petrobrás – através do Programa Petrobrás Ambiental. Apoio: Associações comunitárias, STR Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Crato; Escola Professor José Bizerra de Britto e Sisar. Parceiros: Feirantes, e Consumidores.
Outra feira ficou marcada para o dia 03 de janeiro.
Devemos dizer que a feira foi um sucesso total, pois, foi de agrado de todos os moradores. Isso fez lembrar outra experiência realizada nos idos de 1991/92, quando a comunidade se organizou e por algum tempo manteve uma feira semanal que chegou a contar com mais de 70 feirantes (veja foto acima).
Para muitas pessoas, o ideal seria que a realização da referida feira se desse no espaço da avenida que já está quase pronta, pois, desta forma, poderia também, contemplar as pessoas que transitam pela “rodovia do algodão”.
Na oportunidade, registramos a presença da população ao evento e, em especial, de algumas lideranças políticas e comunitárias.
Parabéns aos idealizadores deste projeto e a toda a população de Ponta da Serra.

RPS RECEBE EQUIPE DA FGF



Nestes dias 13 e 14 a equipe do canal de televisão da FGF (Faculdade Integrada da Grande Fortaleza esteve em Ponta da Serra gravando a cena 02 do Vídeo que tem por título Língua Portuguesa – que língua é essa ? (Meios de Comunicação) de autoria da equipe pedagógica da referida faculdade, formada das seguintes professoras: Andréia Turolo, Bernadete Biasi, Cibele Gadelha e Larissa Almeida. A direção é de Daniel Abreu e edição, J. Melo.
Este é um Projeto MEC/MCT CONDIGITAL – ATLÂNTICO/FGF que será transformado num Vídeo-aula com conteúdo complementar para alunos das Escolas de Ensino Médio de todo o Brasil.
A equipe que esteve em Ponta da Serra é formada de Daniel Abreu, diretor; Márcio Santos, cinegrafista; Marcos Pinheiro, superintendente técnico operacional; Caroline Tavares, atriz; Cleide Melo, maquiadora e auxiliar de produção; João do Crato, ator convidado.
A referida cena teve duas partes: uma interna, nos stúdios da RPS, outra, externa, na praça da Matriz A primeira com o depoimento do locutor (Toinho) mostrando a radiodifusora, falando sobre o seu papel na comunidade, seguida de uma entrevista com a jovem Paloma Ferreira sobre o uso da internet. A segunda, na praça, com o João do Crato interpretando o papel de um senhor que todos os dias vai à praça para ler o jornal e ouvir a RPS. Aqui, João contracena com a atriz Carol, que faz o papel de uma jovem novata no lugar.
Devemos dizer que a responsável pela produção desta equipe é a jornalista Jeanne Feijão que ficou em Fortaleza, sendo ela a pessoa que no decorrer da semana fez vários contatos com a RPS, viabilizando a vinda do pessoal à região, onde fizeram outras cenas, nos pés de serra do Crato e na Estátua do Padre Cícero, em Juazeiro.
Devemos ressaltar que tudo começou depois que o jornalista e radialista Antonio Vicelmo fez uma matéria sobre a prestação de serviço da RPS na comunidade de Ponta da Serra para o seu programa e para o jornal o Diário do Nordeste, fato este que chamou a atenção da professora Andréia Turolo que de imediato entrou em contato com o responsável pela amplificadora (Antonio Correia Lima) dizendo do seu interesse de incluir este trabalho em uma das cenas do vídeo.
Devemos dizer também do alto nível de profissionalidade da equipe e, acima de tudo, de sua simplescidade.


quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

EMANCIPAÇÃO DE PONTA DA SERRA

Distrito de Ponta em Crato deu mais passo para sua Emancipação Política.

A Associação do Movimento Emancipalista de Ponta da Serra (AMEPS), em assembléia ordinária, realizada no Pólo de Atendimento Edvard Ribeiro, domingo, dia 14, às 9 horas, sob a presidência de Francisco Dionísio Alves, decidiu pela criação e aprovação de comissões de trabalho, a fim de melhor direcionar as ações, para a emancipação política do Distrito de Ponta da Serra.
As comissões foram denominadas:
Comissão de Assuntos Jurídicos e Mídia, com objetivo observar todas as legislações pertinentes ao movimento de emancipação e ações e divulgá-los na mídia; composta pelos seguintes membros: Coordenador –Mário Correia de Oliveira Júnior, membros; Francisco Dionísio Alves, Fernando José Valdevino de Brito, Wilton de Sousa Lima, Monsenhor João Bosco Cartaxo Esmeraldo e Antonio Correia Lima.
Comissão de Promoções, com a função de promover eventos, divulgá-los e conseguir recursos financeiros; composta pelos seguintes membros: Coordenadora – Ana Paula Brito Leite; membros: Francisco Evaldo Barbosa Brito, Damião David da Silva e Antonio Correia Lima.
Comissão de Meio Ambiente, com a responsabilidade editar dados sobre questões ambientais, bem como sobre as potencialidades e limitações geográficas do futuro Município de Ponta da Serra; composta pelos seguintes membros: Coordenadora – Maria Socorro Ferreira Vilar, Judas Tadeu Vilar Bernardo, Joaquim Valdevino de Brito Neto, Luciano Pereira Leite, José Luiz de Sousa e Roque Morais de Brito Filho.
Por oportuno, Monsenhor Bosco informou aos demais membros, que houve recentemente um encontro com os estudantes do ensino médio dos Distritos de Ponta da Serra e Dom Quintino, com a temática “Formação Política”, tendo participado deste encontro de Formação Política o Promotor de Justiça Dr.Elder Ximenes, o qual foi enfático no incentivo à participação políticas daqueles jovens.
Crato, Ce, 15 de Dezembro de 2008.
Francisco Dionísio Alves
Presidente
Associação do Movimento Emancipalista de Ponta da Serra -AMEPS

Colaboração de Mário Correia de Oliveira Jr.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

NOTÍCIAS DA URCA

Tânia Peixoto"O tempo é o meu lugar, o tempo é minha casa."(Vitor Ramil)
--- Em ter, 2/12/08, Elizangela Santos <elizangelazaz@gmail.com> escreveu:
De: Elizangela Santos <elizangelazaz@gmail.com>Assunto: NOTÍCIAS DA URCA 02122008Para: Data: Terça-feira, 2 de Dezembro de 2008, 0:44

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR – SECITECE FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI – URCA
SEMANA DE CIÊNCIAS DA URCA ABERTA COM PARTICIPAÇÃO RECORDE DE ALUNOS O Vice-governador do Estado, Francisco Pinheiro, e o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia da Assembléia Legislativa, Roberto Cláudio, participaram da abertura e proferiram palestras Aberta, na noite de ontem, no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (URCA), com a presença do Vice-governador do Estado, Francisco José Pinheiro, e o presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia da Assembléia Legislativa, Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra, a Semana de Ciências da URCA. Esta é a XI Semana de Iniciação Científica e o I Encontro Nordestino de Bioprospecção Molecular. O evento conta este ano com uma participação recorde de 900 alunos de todos os cursos da Universidade, incluindo alunos de outras instituições de ensino superior da Região e mais de 400 trabalhos de iniciação científica inscritos. O vice-governador e Professor Doutor, lançou, na ocasião, o livro "Notas Sobre a Formação Social do Estado do Ceará – 1680 – 1820". Em seguida, foi servido um coquetel aos participantes do evento. Este ano, pela primeira vez, o resumo dos trabalhos serão publicados no Caderno de Ciência da URCA. A Semana de Ciência teve abertura solene do Reitor da URCA, Professor Plácido Cidade Nuvens. Ele destacou a importância do desenvolvimento científico e da Semana de estudos, a participaçlno a proporcionando aos alunos uma ampla participação no campo da iniciação científica, dos debates, possibilitando do fazer da ciência um grande momento de afirmação profissional e pessoal. "É uma forma de dar espaço para avanços na área científica da URCA, na região e no Estado", diz o Reitor. Plácido Cidade Nuvens ainda ressaltou o importante papel das instituições de fomento à pesquisa científica como Capes, Funcap e CNPq e da resposta intransferível da Universidade em dedicar-se à iniciação científica. O vice-governador do Estado, Francisco Pinheiro, proferiu palestra em seguida, abordando os passos para o desenvolvimento do processo de pesquisa, destacando a sua importância no sentido da construção teórica. Já o deputado estadual, Roberto Cláudio, falou sobre o "Futuro da Ciência Brasileira". Integrantes da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) estiveram participando da abertura dos trabalhos. Hoje, a Semana da Ciência da URCA segue, a partir das 8 horas, com as palestras "Axioma da Escolha", com o Professor Doutor da URCA, Humberto Soares; "A Pesquisa Científica no Tabuleiro de Xadrez: quem arrisca um xeque-mate?, proferida pelo Professor Mestre da URCA, Manuel Pina; e a "Segurança do Sistema da Informação", com o consultor da ABIN, Moshe Dayan Gomes Chaves. À tarde serão realizados mini-cursos e apresentação de trabalhos. À noite, serão proferidas as palestras "Combate à Dengue", com o Professor Roque Morais Brito Filho, e o "Papel do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade", com o Professor Mestre Jackson Antero. A Semana de Ciências prossegue até sexta-feira, dia 5, com palestras, mini-cursos, apresentação de trabalhos na forma de painéis e oral em diversas áreas da ciência. INAUGURADA ESCOLA DE ARTES VIOLETA ARRAES EM BARBALHA, COM PARTICIPAÇÃO DE ESTUDIOSOS DA ÁREA DE TODO O BRASIL Um velho casarão do século XIX, uma edificação história e um sonho caririense realizado, que leva o nome de uma das mais expressivas personalidades da região. A Escola de Artes Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau, em Barbalha, foi inaugurada no último sábado, 29/11, pelo Reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), Plácido Cidade Nuvens, com a presença de grandes pesquisadores e estudiosos da arte educação do Brasil. A luta em conjunto de alunos e professores se torna uma realidade. As aulas no local foram iniciadas no segundo semestre deste ano, após uma considerável luta pelo espaço histórico na cidade, um dos mais representativos da região, cedido pela Prefeitura Municipal para o funcionamento dos Cursos de Artes Visuais e Teatro. A escolha do nome da ex-reitora da URCA, Secretária de Cultura do Estado e uma personalidade que teve uma ligação intrínseca com o mundo da arte, emocionou os participantes. A solenidade ainda contou com a presença de coordenadores, chefes de departamento da URCA, professores do curso, estudantes, participantes do 18º Confaeb e Pró-Reitora de Administração da Universidade, Cileide Araújo, além do presidente da Federação dos Arte Educadores do Brasil (FAEB), Professor José Mauro Ribeiro. O Secretário de Educação de Barbalha, Marcondes Landim, esteve representando o prefeito da cidade durante o ato inaugural. Ele destacou o sonho de implantação de cursos superiores na cidade e o da Escola de Artes por haver uma identificação com o aspecto histórico da cidade. Ele destacou a escolha do nome de dona Violeta por ela ter uma preocupação constante com a expansão da Universidade e melhoria do ensino de nível superior, além de ter raízes familiares no município. O Presidente da Federação, José Mauro, destacou o momento de grande relevância para a arte e a educação e disse se sentir feliz por estar vivenciando a inauguração de uma escola símbolo para a arte regional. O Reitor da URCA ressaltou, em seu discurso, a vocação regional da Universidade ao expandir sua presença em mais uma cidade do Cariri. "Somos uma universidade regional e essa inauguração consolida essa realidade, no sentido de ampliar a sua responsabilidade. A região é objeto da nossa preocupação e quando a gente extrapola o Campus do Cariri, com Crato e Juazeiro, e chegamos a Barbalha, estamos concretizando a nossa vocação regional", afirma. A homenagem à reitora, que esteve à frente da Universidade de 1997 a 2003, segundo Plácido Cidade, diz respeito a uma figura militante por natureza. Ele destaca a biografia de Violeta Arraes como cinematográfica, de uma nordestina que saiu para estudar no Rio de Janeiro aos 14 anos. Em seguida, conseguiu uma bolsa para estudar na França, onde conheceu o marido francês Pierre Gervaiseau. "Ela soube tecer uma articulação ampla na França. Tem na sua biografia um comprometimento efetivo com as artes. Mas o ponto mais fascinante da biografia de dona Violeta, para mim foi, e essa é uma homenagem justa, o seu relacionamento de compreensão, de apoio e de sustentação aos artistas. Se tornou uma espécie de consulesa informal do Brasil na França", ressalta. Para Plácido, dona Violeta é uma biografia artística e tem uma presença fascinante entre os artistas, uma cumplicidade explícita com o mundo das artes. "Barbalha experimenta um momento singular e riquíssimo de afirmação econômica, política e cultural e a prova disso estamos vivenciando, com a inauguração de uma Escola de Artes", destaca, ao acrescentar o momento que classificou de 'júbilo cívico', por estar sendo homenageada uma cidadã que foi expulsa da sua pátria e chegando no estrangeiro desenvolveu um estudo, uma articulação no mundo das artes e sobretudo com os artistas. O Reitor enfatizou o momento histórico por ser reverência à memória de dona Violeta Arraes.
CONTATO: Assessoria de Comunicação Universidade Regional do Cariri - URCA (88) 3102-1212 ramal 2617 www.urca.br Elizangela Santos (88) 9915.3450 Crato, 02 de dezembro de 2008.

domingo, 30 de novembro de 2008

Festa de Peão de Boiadeiro em Ponta da Serra

Esse evento que há poucos anos era um privilégio do interior de São Paulo, onde “por dez dias a cidade de Barretos se transforma na maior cidade country do mundo”, hoje contagia todo o país. A região nordeste soube absorver muito bem este esporte que atrai tanta gente.
“ Barretos fica a 438 km de São Paulo e 127 km de Ribeirão Preto. A maior festa de rodeio do mundo não tem só rodeio. O evento, que movimenta milhões de dólares, surpreende por sua diversidade. Numa profusão de atrações folclóricas, culturais, artísticas, comerciais e esportivas, a Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos atrai mais de 800 mil pessoas, que ocupam hotéis, pousadas e todos os leitos disponíveis num raio de 150 km. Gente vinda de todos os cantos do Brasil e muitos vindos de outros países, vestidos de cowboys e cowgirls, ocupam o estádio local, com capacidade para 35 mil pessoas, e os 1.440.000 m² do Parque do Peão, que conta com lojas de produtos variados, praças de alimentação com réplicas de restaurantes famosos, parques temáticos, feiras e boates”.
“A Festa do Peão de Boiadeiro teve início em 1956. Nesses 43 anos, a festa se tornou tradicional no rico interior paulista e foi a responsável pela difusão do estilo country no País. Famosos por movimentar altas cifras, os rodeios abriram caminhos para diversos outros concursos, que oferecem de chapéus a carros de luxo zero quilômetro, ou prêmios que podem chegar a R$ 100 mil, em dinheiro, para somente um ganhador.”

Neste final de semana (sexta, sábado e domingo) a sede do nosso distrito se transformou na nova Barretos, quando recebeu pela segunda vez uma equipe de rodeio. Desta vez, trata-se do Circuito Nordeste de Rodeio – Companhia de Rodeio Sidraque- que abrilhantou as três noites com seus espetáculos: Montaria em touros e cavalos / Fut boi / Rodeio mirim/ Mesa da amargura/ Pega de Marruá/ Vaquejado de carneiro e outras atrações.

O evento aconteceu nos dias 28, 29 e 30 deste, no campo de futebol e contou com um grande público de pessoas de toda a região de Ponta da Serra como também de outros distritos de Crato.

Devemos ressaltar que eventos como este em muito virão contribuir para a divulgação da nossa emancipação política, quando a comunidade começa a se articular para enfrentar o plebiscito que deverá acontecer em breve. Por sinal, na noite do sábado o Sr. Sidraque Cavalcante, proprietário da Companhia de rodeio, em meio à platéia, se disse ser um dos que vem lutando pelas emancipações de distritos no Ceará, e em particular, no distrito Itapebussu. Na oportunidade ele incentivou a população a se engajar neste movimento.

Esperamos que outros eventos deste porte venham a acontecer em nossa comunidade e que nós que somos favoráveis a nossa emancipação saibamos tirar proveito destes espaços para divulgar o movimento emancipatório.

domingo, 23 de novembro de 2008

NOTÍCIAS DA URCA

CONSTRUÇÃO DO RESTAURANTE
UNIVERSITÁRIO É UMA REALIDADE

A construção do Restaurante Universitário da Universidade Regional do Cariri (URCA) está em plena execução. O sonho antigo dos estudantes de todos os cursos da Universidade se aproxima de sua realização, graças ao empenho da administração da instituição, no sentido de cumprir propostas de campanha. O projeto de construção tem o custo de R$ 370.053. Mais R$ 85.676,050 estarão voltados para compra dos equipamentos. Também se encontra em andamento a reforma do Museu de Paleontologia da Universidade Regional do Cariri, com investimentos da ordem de R$ 640. 348, 10. Esse trabalho é um marco nos 20 anos de inauguração do Museu, que fez da cidade de Santana do Cariri um e referencial de turismo científico para todo o Estado, com as maiores coleções de fósseis do período Cretáceo do planeta. A previsão é que a obra de ampliação e reforma seja executada em 180 dias.


RECEPÇÃO AOS CALOUROS DA
URCA CONTINUA NO CRAJUBAR

Realizado ontem pela manhã, na Universidade Regional do Cariri, pela manhã e à noite, no Salão de Atos da Universidade, a recepção de centenas de alunos que passam a integrar o quadro discente da Instituição. A recepção de calouros tem sido um trabalho empreendido pela administração da URCA, no sentido de facilitar a vida do acadêmico novato. O Pró-Reitor de Ensino de Graduação, João Luis do Nascimento Mota, fez uma explanação dos deveres e direitos dos alunos, além de esclarecer dúvidas dos estudantes quanto ao funcionamento dos diversos setores da URCA. Hoje, será vez do Campus do São Miguel, com a recepção aos alunos do curso de Direito. Nesta quarta-feira, a recepção acontece em Juazeiro do Norte, no Campus Crajubar.


DESENVOLVIMENTO UNIVERSITÁRIO
REALIZA ADMINISTRAÇÃO ITINERANTE, COM
DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAL NOS CAMPI DA URCA

A Pró-Reitoria de Desenvolvimento Universitário da Universidade Regional do Cariri (URCA), através da sua Pró-Reitora, Professora Cileide Araújo, realizou na última sexta-feira, com equipe da Pró-Reitoria, a distribuição de material de trabalho e didático nos Campi de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha da URCA, no sentido de propiciar boas condições de trabalho no início deste semestre em todos os centros da instituição. Esse trabalho continua sendo feito através do projeto Administração Itinerante, realizado pela instituição.


MELHORIA NA ASSISTÊNCIA JURÍDICA
PARA A COMUNIDADE É DEBATIDA

A melhoria no atendimento do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) foi debatida na manhã de ontem, com a diretora do Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA), da URCA, Ana Elisa, e a chefia de Departamento do Curso de Direito. O objetivo é poder fornecer um atendimento com maior qualificação à comunidade, trabalho já em funcionamento de segunda-feira à quarta-feira, pela manhã, através do Núcleo e do Balcão de Direitos Humanos da Universidade. Esse mesmo trabalho de assistência à comunidade começa a ser desenvolvido no município de Iguatu, onde se encontra em funcionamento no Campus daquela localidade o curso de Direito da instituição.


JUSTIFICATIVA DE AUSÊNCIA NO ENADE
DEVE SER ENCAMINHADA ATÉ O DIA 27

O prazo de apresentação da justificativa de falta para alunos convocados ao Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE 2008), começou na última quinta-feira (13) e vai até o dia 27 de novembro/2008. Todas as informações a respeito da justificativa encontram-se no endereço do enade, www.inep.gov.br. No lado esquerdo da tela o alunos encontrará a expressão: "ENADE 2008" e logo abaixo a "justificativa de ausência - Enade 2008". Aos coordenadores dos cursos de graduação a Prograd aproveita para informar que os coordenadores dos cursos de graduação devem preencher o "QUESTIONÁRIO DE COORDENADOR", que contém 44 questões, até o próximo dia 28 de novembro.



Contatos:
Universidade Regional do Cariri - URCA
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617 www.urca.br
Elizangela Santos (88) 9915.3450
Crato 18 de novembro de 2008.

URCA firma parceria com ONGAMI e
beneficia idosos de Juazeiro do Norte

A Universidade Regional do Cariri (URCA), através da Pró-Reitoria de Extensão, firmou importante parceria com a Organização Não Governamental de Assistência a Melhor Idade – ONGAMI, de Juazeiro do Norte, para atendimento aos idosos da cidade e da zona rural do município. Por conta da parceria firmada, a URCA cedeu uma sala no Campus do Pirajá. No local haverá atendimento voltado para a pessoa idosa nas áreas jurídica, da saúde e educação física. A inauguração acontece às 16 horas deste sábado, dia 27, dia dedicado ao idoso. O evento contará com a presença de representantes da Universidade, da sociedade juazeirense e demais amigos da ONGAMI.

Reitor participa de reunião
do CRUC em Fortaleza

O reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), Professor Plácido Cidade Nuvens, esteve participando, nesta sexta-feira, em Fortaleza, acompanhado do chefe de gabinete, Patrício Melo, e da Pró-reitora de Planejamento e Avaliação da URCA, Carminha de Lima Macedo, da reunião do Conselho de Reitores das Universidades do Ceará (CRUC). O reitor da URCA é o vice-presidente do conselho. Na ocasião foram debatidos assuntos de interesse das universidades do estado.

--
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br
Elizangela Santos (88) 9915.3450
e-mail: elizangelacariri@gmail.com
Crato, 27 de setembro de 2008

Tânia Peixoto
"O tempo é o meu lugar, o tempo é minha casa."
(Vitor Ramil)



FUNDAÇÃO CASA GRANDE

Cabinha em novo cd do Aquarela Carioca e mais
Caixa de entradaX





Alemberg Quindins em palestra e programa no Rio de Janeiro

O presidente da Fundação Casa Grande, Alemberg Quindins, participará no dia 26 de novembro do programa Sem Censura, na TV Brasil. Em formato de debate, a atração é transmitida ao vivo, das 16h às 18h, com reprise às 0h10.
Ainda no Rio de Janeiro, Alemberg fará uma palestra no dia 27, a partir das 9h30, no Sesc Copacabana, dentro do Simpósio Internacional de Contadores de Histórias.

Os Cabinha participa do novo cd do grupo Aquarela Carioca

A banda de iniciação musical Os Cabinha gravou uma versão para a música "Belleville rendez-vous", faixa do cd Mundo da Rua, do grupo Aquarela Carioca.
Originalmente cantada em francês na trilha do desenho As Bicicletas de Belleville, a nova versão foi feita em "cabinhês" pelos meninos da banda de lata, que ouviram canção e a registraram do jeito que entendiam.
Para tanto, Os Cabinha gravou a voz no estúdio da Fundação Casa Grande, em Nova Olinda e enviou o áudio para o Rio de Janeiro, onde Paulo Brandão, baixista do Aquarela Carioca, fez os arranjos.
Mundo da Rua é

Os Cabinha no programa Tudo é Possível, da Rede Record

Iêdo, Artur, Rodrigo, Renê e Momô, pequenos roqueiros da banda Os Cabinha, viajarão a São Paulo dia 19 de novembro para gravarem uma participação no programa Tudo É Possível, em comemoração aos 10 anos da apresentadora Eliana na Rede Record.
Em abril deste ano a banda já havia passado pela cidade, em uma apresentação no auditório do Itaú Cultural, dentro do projeto Rumos Música.


--
:: Mariana Albanese ::
Assessoria de comunicação
Fundação Casa Grande - Nova Olinda - CE









Abanda: músicos e gestores culturais rumo à Itália


Banda formada por meninos da Fundação Casa Grande fará intercâmbio promovido pelo Setor de Atividades Internacionais da Região Toscana
Abanda teve sua origem ainda quando criança na bandinha de lata Os Cabinha , no laboratório de iniciação musical da Fundação Casa Grande e vem se dedicando desde então ao estudo instrumental de fusões rítmicas da cultura brasileira.

Cabinhas crescidos, os músicos de Abanda preparam-se para mais uma turnê internacional. Eles viajarão em cinco de outubro para a Toscana, na Itália, onde participarão de uma série de atividades relacionadas à programação inaugural do Teatro de Pontedera, cidade da região. Serão 15 dias no país, em que iniciarão o projeto de intercâmbio com os jovens italianos, aprendendo com a realidade local, e passando adiante os conhecimentos de gestores culturais adquiridos na Casa Grande.
Serão encontros com alunos de escolas de ensino Fundamental e Médio (Scuola Media 1, 2 e 3), além de audiências com prefeitos e secretários e prefeitos de cidades da região de Pontedera.
Dia 16 um momento especial: eles conhecerão o Teatro del Sale , em Florença, onde farão um recital para convidados.
Toda a passagem de Abanda pelo país será custeada pelo Setor de Atividades Internacionais da Região Toscana. O registro, em vídeo, será feito por Rodrigo Alves, de 11 anos, integrante da atual formação de Os Cabinha e da TV Casa Grande, onde é editor dos vídeos 100 Canal, veiculados no teatro da Fundação e pelo Centro Cultural Banco do Nordeste.

Histórico
Ainda empunhando guitarras e baixos de madeira, como cabinhas, os hoje integrantes de Abanda acompanharam o coreógrafo Ivaldo Bertazzo na turnê do espetáculo Mãe Gentil, na qual se apresentaram ao lado de Zeca Baleiro. A convivência com a música "plugada" fez com que tivessem a curiosidade de aprender a tocar instrumentos de verdade, e assim surgiu a banda dos "mais velhos", que até 2008 era conhecida como Os Meninos da Casa Grande.
Já crescidos e plugados, dividiram o palco – algumas vezes o do próprio Teatro Violeta Arraes, na sede da Fundação, em Nova Olinda-CE – com artistas consagrados como Arnaldo Antunes, Lobão, Margareth Menezes, Jefferson Gonçalves e Gilberto Gil.
Ligados à composição de trilhas sonoras para os vídeos produzidos na TV Casa Grande, desenvolveram o espetáculo Trilhas U Som, com o qual excursionaram por cidades do nordeste, como Recife, Fortaleza, Natal e Salvador, além de duas passagens por São Paulo. Em 2006 os três Franciscos, Aécio, Hélio e Samuel, embarcaram para a Alemanha, onde se apresentaram na Popkomm, importante feira da indústria fonográfica mundial.
Utilizando a experiência multimídia que adquiriram na Fundação, os meninos aproveitam os ensaios do novo show para gravarem seu primeiro cd, no estúdio da instituição. Foi lá, também, que gravaram e editaram o documentário que apresenta da nova fase da banda, e que pode ser visto em www.myspace.com/aabanda, com tradução para o Italiano.

Sobre a Casa Grande

A Fundação Casa Grande é uma escola de gestão cultural localizada no sertão do Cariri, Ceará, e trabalha com quatro áreas: Memória, Comunicação, Artes e Turismo.
Nasceu oficialmente em 19 de dezembro de 1992, idealizada pelo músico Alemberg Quindins e pela arqueóloga Rosiane Limaverde, teve início em uma velha casa no município de Nova Olinda, Ceará, que havia pertencido ao avô de Alemberg, Neco Trajano. Esta foi reformada e passou a abrigar o Memorial do Homem Kariri, espaço que guarda o acervo arqueológico recolhido pelo casal em dez anos de caminhada e estudo na Chapada do Araripe.
A iniciativa gerou interesse das crianças que viviam na zona urbana da cidade. Elas foram se achegando, dando novas idéias e demanda para ampliação.
De forma natural, as áreas de atuação da Fundação foram aumentando, conforme eles sentiram a carência cultural da cidadezinha. Em 1998 foi anexado o prédio da primeira escola da cidade, o Educandário. Tornou-se a Escola de Comunicação da Meninada do Sertão. Em 2002, foi a vez do Teatro Violeta Arraes – Engenho de Artes Cênicas ser inaugurado. O fluxo de curiosos foi aumentando e a necessidade de um programa de turismo surgiu. Foram criadas pousadas domiciliares no fundo das casas dos meninos, administradas pela Cooperativa dos Pais e Amigos da Casa Grande (Coopagran). No total, são 10 pousadas com 40 leitos.
Memória, Comunicação, Artes e Turismo são hoje as áreas de abrangência da Casa Grande, que aos 15 anos de existência, chega à adolescência. Seus primeiros meninos já são adultos, trilham seu caminho paralelo e começam a levar seus filhos para brincarem no parquinho da Fundação. Os mais velhos ensinam os mais novos, sempre dispostos a ouvir.
Essa geração de jovens com formação de qualidade superior à encontrada na maioria das escolas regulares faz com que a instituição seja, além de um projeto bem sucedido, um marco histórico para a região em que está inserida.
Mais do que uma escola de comunicação, um centro cultural, ou uma instituição para crianças, a Casa Grande é hoje um laboratório de convivência social onde aprende-se a ter responsabilidade sem perder a alma infantil. Ou, como Alemberg bem resumiu: "Não queremos formar comunicadores, e sim futuros gestores do país".


--
:: Mariana Albanese ::
Assessoria de comunicação
Fundação Casa Grande - Nova Olinda - CE


88 9622-0999
88 3521-8133
www.fundacaocasagrande.org.br

Colaboração:
Tânia Peixoto
"O tempo é o meu lugar, o tempo é minha casa."
(Vitor Ramil)

GOLPE DO TELEFONE

NOVÍSSIMO golpe do telefone - Diferente dos outros ...

Um sujeito pilantra liga para sua casa e se identifica como Policial (delegado). Alega estar recebendo ameaças por telefone e que o número registrado na bina é o seu.

Ele, então, sugere que sua linha foi clonada, e ACONSELHA você, a solicitar um reparo à sua operadora. E diz que vai ligar mais tarde, para saber se você fez a solicitação.
Em caso afirmativo (se vc fez a reclamação à operadora), no dia seguinte, ele estará na sua casa com uniforme e crachá da firma operadora.. Daí em diante você será presa fácil para ele.
Se receber essa ligação, não solicite o reparo e dê queixa imediatamente à Polícia. Se ele voltar a ligar, diga que já comunicou à polícia.- Repasse a todos os seus contatos, URGENTE!!!!


PS.: comuniquem também a seus familiares, vizinhos e etc. que não tiveram acesso a este e-mail
(Colaboração do Dr, Cesar Mousinho)

sábado, 22 de novembro de 2008

MARIA LUIZA, 99 ANOS DE VIDA












É com grande satisfação que registramos nas páginas do nosso blog os 99 anos bem vividos de uma pessoa, que embora pertencendo a uma das mais tradicionais famílias de Crato, a família Brito, levou uma vida de pobreza, muito trabalho e muita resignação.
Seu nome completo é Maria Alves de Brito. Filha legítima de João Severiano de Brito e Luiza Alves de Brito, sua prima legítima.
Costumo dizer que Maria Luiza é Brito “indo e voltando”, pois seus dois avós eram irmãos (expressão sempre repetida por ela).
Devemos dizer que, ainda na primeira metade do século XIX, três irmãos “Britto”, oriundos de Recife, adquiriram o sítio ou fazenda Ponta da Serra e mais a área de terra compreendida das margens dos Carás, no sítio Malhada, até às proximidades da Cidade de Crato. Dois dos três irmãos ficaram nesta nossa região enquanto o terceiro ficou nas proximidades da Cidade. Dos dois que aqui se fixaram, um se chamava Antonio Correia de Brito que era o pai do major Eufrásio de Brito, Antonio de Brito Correia, Marcelo de Brito (que se fixou em Várzea Alegre), Severiano de Brito Correia e Miguel Alves de Brito, sendo os dois últimos os avós de Maria Luiza.
Hoje, beirando aos 100 anos, Maria se matem com uma razoável memória desafiando o tempo. Está com o movimento do corpo quase que total (veja nas fotos).
É importante, neste momento, agradecê-la pelos relevantes serviços prestados à nossa comunidade, tanto como lavadeira e engomadeira, como também batadeira d’agua nas residências da época.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

III MOSTRA DE ARTE E CULTURA

III Mostra de Arte e Cultura

Aconteceu neste dia 05/11 no Joaquim Valdevino a III Mostra de Arte e Cultura. Foram apresentados trabalhos nas áreas de Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias e Linguagens e Códigos e suas tecnologias.
Nossos artistas deram um show na exposição dos trabalhos produzidos e na apresentação de cordéis, paródias, rádio-novela, histórias narradas por fantoches, recital de poesias, encenações, desenhos, jogral e resumo de obras literárias.
Estamos todos de parabéns pelo empenho e dedicação nas atividades. Também agradecidos pela constante colaboração da escola Prof. José Bizerra de Britto, Paróquia São José Operário, Pólo de Antendimento Edvardo Ribeiro e Projeto Verde Vida.
Valeu Pessoal.
Postado por jvaldevinobrito às 16:41 0 comentários

EXTRAIDO DO BLOG JVALDEVINOBRITO

MATÉRIAS DO DR. CESAR MOUSINHO

1- Minha Filha Começou a Namorar.

Queridos pais e responsáveis se você tira um tempinho e abrir o dicionário, os senhores deveram se deparar com uma definição próxima a essa:
O namoro é uma instituição de relacionamento interpessoal não moderna, que tem como função a experimentação sentimental e/ou sexual entre duas pessoas através da troca de conhecimentos e uma vivência com um grau de comprometimento inferior à do matrimônio. A grande maioria utiliza o namoro como pré-condição para o estabelecimento de um noivado ou casamento, definido este último ato antropologicamente como um o vínculo estabelecido entre duas pessoas mediante o reconhecimento governamental, religioso ou social.
Com a evolução da tecnologia, já é comum encontrar casos de pessoas cujo namoro se dá através das modernas formas de telecomunicação, como o telefone ou a internet. Assim, sendo, casais podem namorar apesar de estarem em estados ,países ou continentes distintos. Mas, se os senhores buscarem a folhear um livro de psicologia do adolescente vão apreenderem, que o namoro faz parte do desenvolvimento pocossocial de sua filha ou do seu filho. Porém, se faz necessario conhecer o pretendente da nossa filha ou do nosso filho, seus pais,saber onde morar e até com quem já namorou. Afinal, é um texto de um psicólogo, teraputa familiar ou de um detetive, Isso,mesmo todos os pais ou responsáveis devem acompanhar e supervisionar seus filhos todos os dias e principalmente quando iniciam amizades novas e namoro.
O perfil de um esposo agressor e homicida, não se forma no seu ciúme ou dos descontroles de seus envolvimentos com álcool e drogas, mas em pequenos detalhes que dificilmente os pais percebem e pelo grau de envolvimento ou de paixão nossas filhas escondem de nós, da mesma maneira que elas mentem para nós. Todavia,
Qual é a idade de inicial o manoro? Aqui temos que abri um parentese para o tão desgastato Diálogo familiar, pais não tem tempo para conversar com filhos, por tanto não passam valores, éticos, morais e religiosos e não fortalecem vínculos com seus filhos, o que seria mais próximo do ideal familiar e social, seria que a idades dos enamorados não fossem tão dispares.
O namoro tem que haver conhcecimentos e descobertas mutuas, e não um professor ensinando ao outro. Entretanto, a problematica não está no namoro, ou na idade do manorado de nossas filhas, e sim eu pai, eu mãe ou responsável nunca conversei com o meu adolescente nada sobre o seu mundo, sua vivência, seus sonhos, medos, então com certeza terei dificuldades em bate um papo manero com o meu filho(a),
Outrossim,
Pais, sentem-se frente a frente com seus filhos e olhem dentro dos olhos deles e fale o que vem dentro de seu coração, transforma em palavras todo seu amor, e com amor resgatem vínculos, e com amor fortaleçam limites.

São Paulo, 03 de Novembro 2008
João César Mousinho de Queiroz- Terapeuta Familiar- PSICÓLOGO CRATENSE.





02 - Juiz absolve uso de drogas na cadeia
Marcelo Godoy

Não comete falta disciplinar o preso que fuma maconha, cheira cocaína, usa outras drogas e bebe a aguardente chamada Maria Louca. Esse é o teor de dezenas de sentenças do juiz-corregedor dos presídios de Tupã (SP), Gerdinaldo Quichaba Costa. Essas decisões já preocupam os agentes prisionais e diretores das quatro penitenciárias sob sua jurisdição - uma de regime semi-aberto e três de segurança máxima - de Pacaembu, Junqueirópolis e Lucélia, que abrigam cerca de 5 mil detentos. O temor é de que as sentenças do magistrado estimulem o tráfico de drogas nas prisões.

A promotoria de Justiça de Tupã, que podia recorrer das decisões, concordou com a maioria das sentenças. Sem recurso do Ministério Público, as sentenças se tornaram definitivas - sem a apreciação dos tribunais superiores. As infrações disciplinares dos presos são controladas pela Justiça. Quem tem falta grave não pode, por exemplo, receber o benefício de cumprir a pena em regime semi-aberto ou visitar a família em feriados, como o Natal. Se o detento está nos regimes aberto ou semi-aberto e comete uma infração, deve voltar a cumprir a pena em regime fechado.

O argumento do juiz para desconsiderar o consumo de drogas é o fato de a nova lei de entorpecentes não punir com pena de prisão o porte. "Não tem pena de prisão, mas o porte continua infração penal e, do ponto de vista administrativo, não há como negar a falta grave", rebate o professor de Direito Penal Luiz Flávio Gomes. Segundo ele, o legislador manteve o porte de drogas como infração penal sem pena "porque ninguém quer estimular o uso de drogas".

Para o juiz, no entanto, se a lei no caso do crime "impede o encarceramento, com maior razão deve (impedir) o mínimo (falta disciplinar), cuja natureza é administrativa". E assim, por exemplo, o juiz desconsiderou como falta grave a posse de cocaína pelo preso Eliel Pereira Pimentel e a de maconha pelo preso Osman Quirino de Oliveira. Desde agosto de 2007, mantém esse entendimento.

Segundo diretores da Coordenadoria das Unidades Prisionais da Região Oeste, a falta de punição ao porte de drogas pode aumentar as mortes de presos e achaques a parentes. Isso porque as dívidas de viciados com traficantes estão por trás de muitas mortes no sistema carcerário que foram disfarçadas de suicídio. Trata-se do chamado "Gatorade" - mistura de cocaína com Viagra injetada nas vítimas para provocar overdose.

Além de drogas, o juiz também desconsiderou como infração sete casos de presos apanhados com a aguardente Maria Louca, feita com cascas de frutas e arroz. O argumento do magistrado em seis dos casos trata a bebida como entorpecente. Ele absolve os presos porque a "posse de entorpecente, tendo em conta a nova concepção social sobre as drogas, não permite punição com encarceramento".


Dr. Cesar Mousinho, colaborador

domingo, 9 de novembro de 2008

NUCLEO DE AUDIOVISUAL FINALIZA DOCUMENTÁRIO

Os alunos do Audiovisual, do Projeto Verde Vida, encerram as gravações do 6º documentário. Margarida Parteira, título do filme, teve suas gravações finalizadas esta semana. O curta metragem apresenta a história de Margarida Brito, que durante 56 anos, de sua vida, se dedica a fazer parto na comunidade de Ponta da Serra e sítios vizinhos.
O documentário tem o propósito de mostrar o verdadeiro sentido desta profissão a partir de fatos relatados pela parteira e os depoentes. “Margarida leva consigo este oficio visando apenas ajudar o próximo”, afirma a diretora e roteirista do vídeo, Karina Valdevino.
O primeiro documentário produzido foi A Última Badalada, dirigido por Paloma Lopes e Allyson Leite. O curta conta a história de vida de Maria Ferreira da Silva conhecida pela comunidade de Ponta da Serra como Dona Maricô, que há mais de 25 anos anuncia, através do sino da igreja Matriz da Ponta da Serra, o falecimento de alguém e festas do padroeiro da comunidade. O segundo curta metragem, gravado, Farinhada na Malhada dirigido por Girlândia Vieira, narra a história da Farinhada, atividade que acontece anualmente, em agosto, no Sítio Malhada localizado em Ponta da Serra, na Casa de Farinha da Associação Comunitária. O documentário evidencia o crescimento da produção de farinha da região do Cariri, além de destacar esta atividade econômica como sendo um elemento agregado dos membros da comunidade local.
Os dois primeiros documentários participaram no mês de setembro, do projeto Curta Muito com duas exibições, a primeira em praça pública, para toda a comunidade de Ponta da Serra e a outra em Crato no espaço Cultural Coletivo Malungo. O Curta Muito é uma parceria do Coletivo Malungo com o Centro Cultural Banco do Nordeste –CCBNB que duas vezes ao mês exibe vídeos em espaços públicos.
O terceiro documentário, Na Sombra da Catingueira, narra os fatos históricos relativos ao sítio Catingueira, em Ponta da Serra. A importância deste curta está no documento produzido sobre a história da Catingueira relatando o desenvolvimento sociocultural, destacando-se a comunidade local, inclusive favorecendo ao ensino e ao trabalho do Projeto Verde Vida. Segundo a diretora do vídeo, Marineide Alves, Resgatar a história do lugar e contribui para o registro da memória da formação escolar sobre o patrimônio cultural e social da Catingueira é a verdadeira intenção deste documentário.
O último documentário finalizado, Estórias de Trancoso dirigido por Anyelle Brito tem como objetivo resgatar as histórias e lendas locais da cultura de Ponta da Serra, com o intuito de criar um elo entre o “ontem” e o “hoje”. Este curta relata as histórias dos habitantes da comunidade, por entre meados dos anos sessenta. Nesta época não havia energia elétrica no distrito e os moradores costumavam se reunir a noite em lugares específicos para contar histórias ao redor de uma fogueira.


Curta metragem em processo de edição:
O documentário As Três da manhã se encontra em processo de edição. Este curta metragem, dirigido por Diogo Brasil, apresenta a vida rotineira de três irmãs, todas portadoras de deficiência visual, que moram no sítio Palmerinha dos Vilar em Ponta da Serra.

Próximas Gravações
O Próximo documentário a ser filmado é Histórias no Asfalto, dirigido por Allyson Leite. O vídeo irá relatar histórias curiosas que acontecem nos carros de linha que fazem o percurso de Ponta da Serra ao Crato.
Outro roteiro já construído é A Dona dos Vários 15 anos, este será o único curta metragem que terá caráter fictício.
Ao todo são quatro documentários finalizados, dois em processo de edição e dois roteiros escritos. O Núcleo de Audiovisual tem o objetivo de produzir, até o final deste ano, 10 curtas metragens para a iniciativa Ações Culturais para Povos Rurais.

www.projetoverdevida.com.br
Hosana Régia Quinderé
Assessoria de Comunicação
Projeto Verde Vida – Ponta da Serra – Crato-CE

FAUNDAÇÃO DA AMEPS







A nossa comunidade deu hoje, dia 09 de novembro de 2008, seu primeiro passo no novo processo de emancipação política ao criar a Associação do Movimento Emancipalista de Ponta da Serra - AMEPS. O evento aconteceu nas dependências do Pólo de Atendimento Vereador Edvardo Ribeiro da Silva situado à rua Antonio Trajano da Silva na sede do distrito. A referida entidade terá por objetivo “organizar o distrito de Ponta da Serra com vistas à defesa de seus interesses junto ao poder público municipal, estadual e federal, a fim de efetivar a execução das medidas necessárias que lhes assegure a satisfação de suas necessidades fundamentais, de modo a garantir uma melhor qualidade de vida aos moradores da comunidade, bem como promover atividades que visem divulgar informações úteis sobre emancipação política de Ponta da Serra”
Aprovado o Estatuto Social, seguiu-se a votação para o preenchimento dos cargos sociais, onde concorreu apenas uma chapa que foi eleita por aclamação, ficando assim constituída: Presidente: Francisco Dionísio Alves, Vice –Presidente: Fernando José Valdevino de Brito, Primeira secretária: Socorro Alves Fernandes, segunda secretária: Maria das Graças Valdevino de Brito, primeiro tesoureiro: Antonio Correia Lima, segunda tesoureira: Ana Paula Brito Leite: Conselho Fiscal: Monsenhor João Bosco Cartaxo Esmeraldo, Joaquim Valdevino de Brito Neto, José Ildo Silva, Suplentes: Valdemy Custódio da Silva, Rosivan Pinheiro Leite e Luciano Pereira Leite.










O Pequeno Cineasta




Aprendiz do Projeto Verde Vida tem vídeo selecionado em Festival nacional

Movido pela vontade de experimentar, Auriclenes Paes, idealizou e dirigiu um vídeo usando a técnica stop motion, processo utilizado na produção de filmes de animação. O Pequeno Cineasta, título do curta metragem, concorreu com mais de 20 mil vídeos, em todo o Brasil e foi selecionado para a segunda fase do Festival Curta Claro ficando entre os 100 melhores vídeos e sendo o único selecionado, no Ceará.

A forma de produzir usando a técnica de stop motion requer uma câmera fotográfica ou cinematográfica que exponha quadros separados, os modelos são movimentados milimetricamente e fotografados, movendo mais um pouco e fotografados novamente. Utilizando esta técnica, Auriclenes, juntamente com alguns colaboradores criou um cenário lúdico totalmente construído com frutas, legumes, verduras e sementes imprimindo a este pequeno universo a ilusão de movimentos fluidos.

Em pleno período de criatividade, o jovem diretor despertou seu interesse por filmes a partir das oficinas de audiovisual e se permitiu experimentar vídeos de animação. Ele faz parte do Núcleo de Audiovisual do Projeto Verde Vida e teve seu primeiro contato com a técnica de stop motion nas aulas de Edição ministrada por Geovany Brasil.

Sobre o curta metragem
O Pequeno Cineasta – animação/cor/52”/2008
Sinopse:
Uma criança vê um homem com uma filmadora no ombro, mas não identifica o objeto. Por viver num mundo violento, imagina ser, a câmera, uma arma. Até que descobre em um projeto social chamado Verde Vida que aquele objeto serve para captar as belas imagens da vida.
Direção /Roteiro/Produção – Auriclenes Paes
Arte – Marcos Xenofonte e Júlia Brito
Manipulação – Rodrigo Siqueira e Thales Moura
Edição - Auriclenes Paes e Geovany Brasil

Sobre stop motion
A stop motion é o princípio de toda a imagem animada, é também uma modalidade de animação que utiliza modelos reais em diversos materiais, dentre os mais utilizados a massa de modelar, ou especificamente a massinha plastilina, e atualmente estão usando bonecos feitos de látex e tecido. A mais popular das técnicas de stop motion é a claymation (barro animado), nesta, os personagens e cenários são feitos a partir de materiais moldáveis.

Sobre o Festival Claro Curtas
O Festival Claro Curtas é uma iniciativa da Claro que tem por objetivo dar espaço e capacitação para que as pessoas explorem estas possibilidades criando conteúdos divergentes e imprevisíveis, levando ao público olhares nem sempre presentes nos circuitos convencionais do cinema.
Os selecionados para a segunda fase participarão, no final deste mês, de workshops, em São Paulo. O resultado, dos quatro vencedores, será divulgado no próprio dia 27.

www.projetoverdevida.com.br
Hosana Régia Quinderé
Assessoria de Comunicação
Projeto Verde Vida – Ponta da Serra – Crato-CE

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

HINO NACIONAL

HINO NACIONAL BRASILEIRO
A gente canta, canta e canta, como papagaios mas não entende os versos. Veja aí, ao lado direito da versão oficial, a ordenação das palavras e entenda.
Tá na hora...


O Hino Nacional Brasileiro
(Revista Nova Escola - Agosto de 1997)
Para muitos, o Hino Nacional não empolga os alunos por ter uma letra complexa, que exige esforço para ser entendida. A professora Laura Cristina de Paula acha que é isso que o torna atraente. 'Além do desafio de entender o seu significado, a letra permite dar uma rica aula de Português', diz ela, que leciona para a 7ª e 8ª série da Escola Caio Pereira, em Recife (PE). Laura usou o livro O Hino Nacional Brasileiro (Aldo Pereira, 32 páginas, Grifo, tel. 021-240-7806) para elaborar sua aula.
Autor de um livro sobre o Hino Nacional, o jornalista Aldo Pereira propõe que sua letra seja lida na ordem direta para uma melhor compreensão. Ele fez, também, um glossário com as palavras menos conhecidas.



A versão no original...
I
Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.
Se o penhor desta igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!
Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!
Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.
Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.
Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada, Brasil!
II
Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!
Do que a terra mais garrida
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
'Nossos bosques têm mais vida,'
'Nossa vida' no teu seio 'mais amores'.
Ó Pátria amada...
Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
— Paz no futuro e glória no passado.
Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.
Terra adorada...



... e na ordem direta

I
As margens plácidas do Ipiranga ouviram
o brado retumbante de um povo heróico,
e, nesse instante, o sol da Liberdade
brilhou, em raios fúlgidos, no céu da Pátria.
Se conseguimos conquistar com braço forte
o penhor desta igualdade,
em teu seio, ó Liberdade, o nosso peito
desafia a própria morte!
Ó Pátria amada,
idolatrada,
salve! salve!
Brasil, se a imagem do Cruzeiro resplandece
em teu céu formoso, risonho e límpido,
um sonho intenso, um raio vívido
de amor e de esperança desce à terra.
És belo, és forte, impávido colosso,
gigante pela própria natureza,
e o teu futuro espelha essa grandeza.
Ó Pátria amada,
Brasil, [apenas] tu,
entre outras mil [terras],
és terra adorada!
Pátria amada, Brasil,
és mãe gentil dos filhos deste solo!
II
Ó Brasil, florão da América,
deitado eternamente em berço esplêndido,
ao som do mar e à luz do céu profundo,
fulguras iluminado ao sol do Novo Mundo!
Teus campos lindos, risonhos, têm mais flores do que a terra mais garrida; [e assim como] 'nossos bosques têm mais vida,' [também] 'nossa vida' no teu seio [tem] 'mais amores'.
Ó Pátria amada...
Brasil, o lábaro estrelado que ostentas
seja símbolo de amor eterno,
e o verde-louro dessa flâmula diga:
— Paz no futuro e glória no passado.
Mas, se ergues a clava forte da justiça,
verás que um filho teu não foge à luta,
quem te adora não teme nem a própria morte.
Terra adorada...



Glossário:

. Margens plácidas - 'Plácida' significa serena, calma. Esse é o tom desses versos. Ao contrário do hino de outras nações, o nosso não fala em guerras
. Ipiranga - É o riacho junto ao qual D. Pedro I teria proclamado a independência. O Ipiranga nasce junto ao zoológico da cidade de São Paulo
. Brado retumbante - Grito forte, que provoca eco
. Penhor - Usado de maneira figurada, 'penhor desta igualdade' é a garantia, a segurança de que haverá liberdade
. Imagem do Cruzeiro resplandece - O 'Cruzeiro' é a constelação do Cruzeiro do Sul, que brilha, ou resplandece, no céu
. Impávido colosso - 'Colosso' é o nome de uma estátua de enormes dimensões. Estar 'impávido' é estar tranqüilo, calmo
. Mãe gentil - A 'mãe gentil' é a pátria. Um país que ama e defende seus 'filhos', os brasileiros, como qualquer mãe
. Florão - 'Florão' é um ornato em forma de flor usado nas abóbadas de construções grandiosas. O Brasil seria o ponto mais importante e vistoso da América
. Garrida - Enfeitada, que chama a atenção pela beleza
. Lábaro - 'Lábaro' era um antigo estandarte usado pelos romanos. Aqui é sinônimo de bandeira
. Clava forte - Clava é um grande porrete, usado no combate corpo-a-corpo. No verso, significa mobilizar um exército, entrar em guerra.


COLABORAÇÃO DE LEILE LIMA - RIO DE JANEIRO.
Leile tem laços familiares em Ponta da Serra

NOTÍCIAS DA URCA 2910

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR – SECITECE
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI – URCA


EXPOSIÇÃO SOBRE GEOPARK ARARIPE E 20 ANOS
DO MUSEU DE PALEONTOLOGIA ABRE AMANHÃ,
NO DRAGÃO DO MAR, NA CAPITAL DO ESTADO

No próximo dia 30 de outubro, às 19 horas, será realizada a abertura oficial das Exposições da Universidade Regional do Cariri (URCA), na nova Sala Multi uso do Dragão do Mar - Geopark Araripe e Museu de Paleontologia de Santana do Cariri, pelos seus 20 anos -, além do lançamento das publicações Geopark Araripe, Fósseis de Santana do Cariri e cartilha Geopark Araripe, que está com uma tiragem recorde de 15 mil exemplares. A entrada será franca. Quem teve a oportunidade de visitar o estande da URCA, durante à Expocrato este ano, pôde ver, em primeira mão, as Exposições, com conhecimento a ser levado ao público da capital. O reitor da URCA, Plácido Cidade Nuvens, estará presente durante a abertura do evento.

SERVIDORES SE CONFRATERNIZAM
NA COMEMORAÇÃO DO SEU DIA, NA URCA

Servidores da Universidade Regional do Cariri (URCA) participaram, na manhã de ontem, de um café-da-manhã em homenagem ao Dia do Servidor Público, num momento de confraternização compartilhado entre os que fazem à administração da instituição. Na ocasião, o reitor da URCA, Professor Plácido Cidade Nuvens, se pronunciou, destacando o importante papel desempenhado pelos servidores, além de ressaltar o valor do funcionalismo, sendo a Universidade um espaço conceituado de formação do saber e que também vem atuando no sentido de proporcionar mais valorização dos servidores. Exemplo disso tem sido o empenho da administração na busca da capacitação do corpo funcional, por meio de cursos, além da luta pelo Plano de Cargos, Carreiras e Valorização (PCCV), dos servidores. O reitor, vice-presidente do Conselho de Reitores das Universidades do Ceará (CRUC), ressalta também a luta do órgão pela realização de concurso para servidores, destacando o trabalho que vem sendo feito, junto ao Governo, no sentido de buscar ampliação do quadro funcional nas universidades do Estado. O evento foi realizado às 9 horas, no Pátio de Pedagogia, no Campus do Pimenta.


URCA HOMENAGEADA COMO INSTITUIÇÃO
PARCEIRA, NOS 40 ANOS DA UVA

A Universidade Regional do Cariri (URCA), recebeu homenagem, no último final de semana, durante a comemoração dos 40 anos da Universidade Vale do Acaraú (UVA), realizada no município de Sobral, localidade sede da instituição. O Reitor da URCA, Professor Plácido Cidade Nuvens, o Pró-Reitor de Ensino e Graduação, João Luis do Nascimento Mota, e o chefe de Gabinete, Patrício Melo, estiveram participando da solenidade. Na ocasião, o Governador do Estado do Ceará, Cid Gomes, recebeu o título de Doutor Honoris Causa, além do ex-reitor da UVA, o deputado estadual José Teodoro Soares, concedido pela UVA. O Pró-Reitor Mota ressalta o intercâmbio mantido com a representante da Pró-Reitoria de Ensino e Graduação, conhecendo com isso experiências de trabalho do Departamento de Ensino e Graduação (DEG), daquela Universidade, além da Comissão Permanente de Avaliação Institucional. O reitor da URCA também participou da posse do novo reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Jesualdo Farias.



CONTATOS:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br
Elizangela Santos (88) 9915.3450
Crato, 29 de outubro de 2008


COLABORAÇÃO DE TÃNIA PEIXOTO

NOTÍCIAS DA URCA

12 a 21/11: 8ª Bienal Internacional do Livro do Ceará

8ª Bienal Internacional do Livro lança programação englobando 30 países

Duas comunidades lingüísticas, a portuguesa e a espanhola, estão no foco da 8ª Bienal Internacional do Livro do Ceará, que de 12 a 21 de novembro acontece em Fortaleza, ocupando uma área superior a 3 mil m² do Centro de Convenções e este ano levando também parte de suas atividades para espaços da vizinha Universidade de Fortaleza – UNIFOR. Com visitação e programação gratuita, a previsão é que a Bienal do Ceará receba, nos dez dias de feira e atividades, cerca de 750 mil visitantes. A ação é promovida pelo Governo do Estado do Ceará, em parceria com Sindilivros e patrocínio da Petrobrás.
A Bienal deste ano tem como tema "A aventura cultural da mestiçagem", com uma intensa programação englobando 30 países situados em quatro continentes: África, América, Ásia e Europa. A ousadia de tal abrangência desloca o foco habitual das programações literárias de outros eventos similares, concentrando-se aqui em evocar a multiplicidade de culturas e a condição mestiça de suas raízes.
Motivada pelo tema central, a programação da 8ª Bienal Internacional do Livro do Ceará está comprometida com a integração das diversas culturas envolvidas, reconhecendo seus hábitos, costumes e literatura, com a democratização e a mobilização do acesso universal ao livro, à leitura e à produção literária. Serão realizadas atividades baseadas na promoção e geração de conhecimentos, sem fronteiras culturais e sociais, reunindo um público diversificado e evitando isolamentos de quaisquer naturezas.
As sessões literárias incluem palestras, mesas de debate, encontros especiais, lançamentos de livros e sessões de leituras de poemas mais abrangentes, com espaços para comentários por parte dos autores e troca de idéias com o público. Esta agenda foi configurada a partir do tema central. Os debates contemplarão assuntos como produção e circulação de revistas e suplementos literários, casas de cultura, política cultural dos centros de estudos brasileiros na América Hispânica, movimentos contraculturais, circuito editorial universitário, encontros internacionais de escritores, dentre outros. Já as palestras tratarão de aspectos ligados aos fundamentos da mestiçagem, jornalismo cultural e obras literárias, considerando particularidades regionais e continentais dos países envolvidos.
Haverá ainda uma integração entre inúmeros segmentos da criação artística, produção cultural e mídia, envolvendo uma série de salas permanentes onde, no decorrer dos dez dias, será permitido um convívio valioso entre público, escritores, artistas e produtores culturais. Ao todo haverá um conjunto de 9 salas, assim distribuídas: Arena Jovem, Arte Postal & Poesia Visual, Artes e Ofícios, Cordel, Gravuras, Música, Rádio, Revistas e Vídeos. Cada sala terá uma curadoria própria, orientada no sentido de implantar um sistema de interação entre salas.

Ilha dos Continentes
A área de expositores da 8ª Bienal Internacional do Livro do Ceará, considerando a abrangência de seu tema central, contará com um expressivo número de expositores também dos países envolvidos, influenciando assim em uma maior integração entre as literaturas de línguas portuguesa e espanhola. Um diferencial deste ano é a criação de um espaço intitulado "Ilha dos Continentes", cuja área de 234 m² destina-se a receber editoras estrangeiras. Em âmbito nacional, haverá, ainda, a presença de instituições como o Museu da Língua Portuguesa, o Instituto Moreira Sales e a Biblioteca Nacional.

Pavilhão Especial – Cuba e Venezuela
Embora a 8ª Bienal Internacional do Livro do Ceará não recorra à figura tradicional do país convidado, haverá um Pavilhão Especial dedicado a Cuba e Venezuela, em reconhecimento à criação, respectivamente, da Fundación Casa de las Américas e da Fundación Editorial El Perro y La Rana, projetos editoriais de importância fundamental para a produção, reflexão e difusão da cultura na América Latina. Cumpre também destacar a criação, há 40 anos, da Monte Ávila Editores, e, há 35 anos, da Fundación Biblioteca Ayacucho.


O homenageado – Chico Anysio
Nesta edição a Bienal do Ceará presta homenagem especial a Chico Anysio. Humorista, ator, compositor, artista plástico, entre tantas outras atribuições, Chico Anysio é essencialmente um escritor, vivendo no universo da literatura, seja como dramaturgo ou roteirista. É autor de uma série de livros e o mais recente, Três casos de polícia, será lançado na Bienal Internacional do Ceará.


O Curador da Bienal
A 8ª Bienal Internacional do Livro do Ceará tem como curador o escritor, editor e produtor cultural Floriano Martins. Estudioso de literaturas de línguas portuguesa e espanhola é diretor da Agulha – Revista de Cultura (publicação de circulação virtual que este ano recebeu o Prêmio Antônio Bento da ABCA – Associação Brasileira de Críticos de Arte), tem estado à frente na organização de livros de autores portugueses para a Coleção Ponte Velha, da Escrituras Editora. Ainda assinam institucionalmente o evento, os coordenadores da Secult Karine David e Jorge Pieiro, e o assessor Osiel Gomes.
Vale destacar a cooperação substancial de entidades como Câmara Brasileira do Livro, Associação Nacional de Livrarias, Academia Cearense de Letras, Câmara Cearense do Livro, Escola de Música da Universidade do Estado do Ceará, SENAC/CE, SESC/CE, Universidade de Fortaleza (UNIFOR), dentre outras.

Serviço:

8ª Bienal Internacional do Livro do Ceará – de 12 a 21 de novembro, das 9h às 22h no Centro de Convenções do Ceará (Av Washington Soares, 1141). Acesso e Programação: GRÁTIS. Para os shows, que acontecerão diariamente às 19 horas no Auditório Principal do Centro de Convenções (1.000 lugares), o acesso será mediante a troca de um livro. Informações: (85)3267.2283.





Tânia Peixoto
"O tempo é o meu lugar, o tempo é minha casa."
(Vitor Ramil)

NOTÍCIAS DA URCA 2410

NOTÍCIAS DA URCA 2410


GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ
SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR – SECITECE
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI – URCA


AULA INAUGURAL DO CURSO DE
PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO
CONSTITUCIONAL SERÁ NESTA SEXTA

Será realizada hoje, dia 24, às 19 horas, no auditório do Hotel Encosta da Serra, em Crato, a aula inaugural do curso de Pós-Graduação em Direito Constitucional, que contará com 50 alunos. Esta é a segunda turma do curso. A aula será proferida pelo Professor Doutor Nilton Menezes Albuquerque, doutor em Direito Constitucional, pela Universidade Federal do Pernambuco (UFPE). No dia 25, o docente ministrará seminário sobre Pesquisa Jurídica, voltado para os alunos matriculados no curso de Pós-Graduação.


CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM
ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR INICIARÁ
4ª TURMA NA URCA

A Coordenação do Curso de Especialização em Administração Hospitalar, da Universidade Regional do Cariri (URCA) informa que terá início a sua 4ª Turma, hoje, em Crato, no Campus do Pimenta. O início será às 13h30, na Sala do 2º Semestre do Curso de Enfermagem.


INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR DA
URCA TERMINAM NESTA SEXTA-FEIRA

Serão encerradas hoje as inscrições para o processo seletivo 2009.1 da Universidade Regional do Cariri (URCA). A Comissão Executiva do Vestibular chegou a prorrogar o prazo das inscrições. A previsão é que mais sete mil inscritos concorram aos cursos da instituição, incluindo nesse semestre a realização do vestibular para os cursos de Artes Visuais e Teatro, no Departamento de Artes, em Barbalha, que contam atualmente com as primeiras turmas nos respectivos cursos. Mais informações pelo telefone 3102.1202.


PROEX e ONGAMI planejam atividades

Realizada reunião na Pró-Reitoria de Extensão da URCA, coordenada pela Pró-Reitora Maria Arlerne Pessoa da Silva, com a presença do Presidente da Organização Não Governamental de Assistência à Melhor Idade - ONGAMI, Juracy Barbosa Alves, no último dia 14. A entidade desenvolve um trabalho junto aos idosos, em Juazeiro do Norte. Com a participação de docentes e diretores de centro, além do colaborador de ações da PROEX, Hermano José de Sousa, a reunião teve o objetivo de discutir e planejar ações conjuntas, envolvendo a participação dos Departamentos de Enfermagem, Educação Física e Curso de Direito, em algumas ações e serviços de orientação e encaminhamentos dos idosos aos vários serviços oferecidos no município. essa visão de trabalho constitui direitos garantidos na legislação de proteção a pessoa idosa. Em razão do período de recesso das aulas, cujo retorno está previsto para o dia 17 de novembro, ficou marcada outra reunião para o dia 25 de novembro, ocasião em que será elaborado um calendário de atividades e atendimentos a serem realizados no Campus do Pirajá, onde são desenvolvidos os trabalhos da ONGAMI.


Professor da URCA participa de Mesa-Redonda em
Encontro Internacional no Rio de Janeiro

O Professor Doutor Fábio José Rodrigues da Costa, do Departamento de Artes Visuais da Escola de Artes Violeta Arraes, participará no período de 23 a 26 de outubro, do Encontro Internacional Arte/Educação como Mediação no Centro Cultural do Banco do Brasil - CCBB do Rio de Janeiro. O evento é coordenado pela Professora Doutora Ana Mae Barbosa e patrocinado pela Petrobras.

Curso de Especialização
em Direito Penal e Criminologia
tem aula inaugural

A Coordenação do Curso de Especialização em Direito Penal e Criminologia convida a todos a se fazerem presentes à aula inaugural a ser realizada no dia 31 de outubro de 2008, no Auditório do CDL, da Cidade de Iguatu, às 19 horas.





MAIS INFORMAÇÕES:
Universidade Regional do Cariri - URCA
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617 www.urca.br
Elizangela Santos (88) 9915.3450
Crato, 24de outubro de 2008.


COLABORAÇÃO DE TÃNIA PEIXOTO

sábado, 25 de outubro de 2008

Cordel na Feira com os alunos do Projeto Verde vida

Nos varais da Feira


Crianças do distrito de Ponta da Serra aprendem como se faz o cordel e levam seus conhecimentos ao seu lugar de origem: a feira.
Por entre pessoas, roupas, bolsas, feijões, rapaduras e inúmeros produtos comercializados na feira de Crato-CE crianças do Projeto Verde Vida mostram seu primeiro momento enquanto cordelistas da região do Cariri. O lançamento do cordel intitulado Direitos da Criança poderá ser apreciado neste dia 27 de outubro, a partir das 9h pelo Projeto Cordel na Feira, uma iniciativa do SESC – Crato em parceira com a editora Coisas do meu Sertão da Academia dos Cordelistas do Crato - ACC.
O trabalho foi desenvolvido por 25 crianças de 6 a 11 anos de idade que durante o programa de Artes Integradas do Projeto Verde Vida construíram 20 xilogravuras que comporão as capas dos folhetos destes pequenos cordelistas. Durante um período de três meses foram oferecidas as estas crianças técnicas de desenho, xilogravura e poesia. “O Programa Artes Integradas nasceu do anseio de mostrar as inúmeras possibilidades de explorar a Arte como recurso didático, além é claro, de despertar a sensibilidade e chamar a atenção das crianças para a importância das mesmas na vida das pessoas envolvidas no processo de construção de um fazer artístico” afirma a educadora e responsável por este programa Ana Cláudia Isidoro. As aulas aconteceram no espaço da ONG Verde Vida no sítio Catingueira, no distrito de Ponta da Serra, Crato – Ceará.
Para a montagem da exposição foram selecionados 20 xilogravuras para o primeiro cordel contendo poesia e gravuras desenvolvidas pelos aprendizes, sob a orientação dos educadores e artistas Ana Cláudia Isidoro, Maércio Lopes e Carlos Henrique.
Sobre a oficina
A oficina de artes foi voltada ao público infantil e teve início em fevereiro deste ano. Para o primeiro momento, a educadora Ana Cláudia Isidoro trabalhou na abordagem da linguagem artística e construiu juntamente com os aprendizes uma série de livros artesanais desenvolvidos a partir de experiências vividas durante as aulas. Para cada página houve um cuidado especial e uma abordagem para os temas estudados em sala. Todo o material usado na construção do livro foi reaproveitado de matérias recicláveis como: retalhos, palitos de picolés, papelões e folhas de Eva. Esta exposição poderá ser visitada até o início de novembro no Teatro Frei Beda, na sede da ONG no sítio Catingueira.
Para o segundo semestre deste ano o Programa de Artes Integradas foi acrescentado ao curso de arte que trabalhou de forma entrelaçada três aspectos da arte: o fazer artístico, a leitura da imagem e a história da arte. As aulas foram desenvolvidas a partir da manifestação literária popular – o cordel. Segundo a coordenadora do Programa, a escolha por esta linguagem artística se deu pela importância que esta literatura tem na história cultural do povo nordestino e por ter um formato tão próximo da oralidade o que facilitou o entendimento da comunidade rural de Ponta da Serra em sua sede no sítio Catingueira.
Na primeira parte do Programa, as crianças tiveram contato com o desenho artístico sob a orientação do artista plástico Maércio Lopes. Neste momento, foi trabalhada a técnica de desenho para, a partir desse processo, os aprendizes começarem a reconhecer a gravura e posteriormente desenvolver as xilogravuras.
Para a técnica de xilogravura, as crianças tiveram a orientação do xilógrafo Carlos Henrique que em suas aulas começou a desenvolver com os alunos as 20 gravuras para as capas do cordel. Estas xilogravuras também podem ser apreciadas no Teatro Frei Beda.
A educadora e poetisa Ana Cláudia que intercalou suas aulas com os artistas, trabalhou com ênfase na poesia popular, buscando a identificação destes aprendizes com uma arte tão próxima de suas realidades, não deixando de facilitar o contato das crianças com a poesia moderna feita para o leitor infantil.

O Projeto Cordel na Feira estará lançando o seu 24º cordel. Na ocasião, os pequenos cordelistas farão uma performance poética, onde recitarão os versos de sua obra como comemoração aos dois anos de funcionamento deste projeto. Acrescenta-se aqui, crianças em ambiente da feira, uma boa oportunidade de ver comunidades rurais conquistando seu espaço de destaque no mundo ao qual pertence.


Hosana Régia Quinderé
Assessoria de Comunicação
Projeto Verde Vida – Ponta da Serra – Crato-CE




VICENTE LIMA









Foto 01 - sobradinho construído por Vicente Lima em 1932.
Foto 02 - do 2º casamento de Francisco de Assis Lima (Dão) filho mais velho de Vicente Lima, hoje com 83 anos, com Maria Jorgina Paes Lima (1203.08
).
A Ponta da Serra muito deve a Vicente Lima. É só olhar ao nosso redor e ver um exemplo do que dizemos. Em 1932, ano de uma grande seca, ele edificou um sobradinho que resiste aos tempos e ainda está de pé (veja foto) Nesta mesma década ele instala uma loja de tecidos onde negociou por muitos anos. Foi um dos primeiros bodegueiros da Povoação de Ponta da Serra, juntamente com seu cunhado Raimundo Ribeiro, tendo sido também pioneiro na fabricação do cigarro brabo, legado deixado ao seu filho Geraldo que mantém o negócio até hoje.
Vicente Lima era um dos troncos dos Correia do Juá, sendo portanto, irmão de João Paulino Correia, Raimundo José de Lima(Raimundo Gondinha), Joaquim José de Lima ( Joaquim Isabel), Chiquinha, Luciana (Avó de Cazuza Chato) e João Birro.
Era casado com Anunciada, irmã de Raimundo Ribeiro com quem teve os seguintes filhos: Dão, Derval, Expedito, Nonato, Geraldo, Ozair, Ozanira, Oly.
Com sua morte, em 1949, sua viúva e cinco de seus filhos deixam a Povoação em direção ao Crato, depois, Fortaleza e por último Rio de Janeiro, onde se estabeleceram no ramo de calçados, constituindo família e onde vivem até hoje.
No momento destacamos o segundo casamento do filho mais velho de Vicente Lima, Francisco de Assis de Lima, o Dão, que aos 83 anos casa-se pela segunda vez, após sua viuvez. Prestamos também homenagens a todos os demais irmãos, inclusive Geraldo que se encontra com sua esposa Laís e o seu filho Adriano no convívio dos familiares no Rio de Janeiro.
Assim, devemos dizer que graças o advento da Internet estamos desenvolvendo o laço de contactos entre a nossa Ponta da Serra, prestes á sua emancipação, e seus filhos distantes.
Nota: a 2ª foto foi enviada por Ozanira

O ADEUS A SEU RAIMUNDO VALDEVINO


Causou grande consternação em nossa região a notícia da morte do Seu Raimundo Valdevino de Brito, aos 90 anos de idade, ainda lúcido, mas enfermo há alguns meses. O fato ocorreu na manhã desta sexta feira, dia 24, em sua residência à Rua Bernardo Vieira em Ponta da Serra, onde seu corpo foi velado por 24 horas, tendo sua missa de corpo presente se dado às sete da manhã do dia seguinte, seguido do seu sepultamento no cemitério local.
Filho do casal José Valdevino da Cruz e Joaquina Alves de Brito, nasceu no entorno da Povoação de Ponta da Serra no dia15 de julho de 1918, onde se casou, em 1945, com Neuza Holanda Valdevino com quem teve 11 filhos e de onde nunca arredou o seu pé. Foi, sem dúvidas, um exemplar chefe de família.
Viveu da agricultura e do fabrico de tijolos (olaria) de onde tirou o sustento da família.
Devemos dizer que o Seu Raimundo Valdevino foi um dos filhos de Ponta da Serra mais bem informados dos acotencimentos do país, desde a década de 30 até os dias de hoje. Acreditamos ter sido um grande político (sem nunca ter sido candidato ou cabo eleitoral)., pois, viveu plenamente, debatendo com seus contemporâneos, todos os movimentos políticos, a nível de Brasil e de mundo, nos últimos 70 anos. Foi um grande defensor da democracia, expondo esse seu ideal, quando da ditadura getulista e quando do golpe militar de 64. A prova do que dizemos aqui foi dada quando da sua manifestação de ir votar nesta que seria a sua última eleição. Podemos dizer, portanto, que ele fechou com chave de ouro a sua vida como um cidadão consciente do seu dever, exercendo o direito ao voto, direito este que lhe foi cerceado nos golpes políticos de 30 e de 64.
Só nos resta, agora, rezar por sua alma e rogar Deus um Bom Lugar no Céu junto a seus entes já falecidos, tendo ao seu lado todos aqueles seus amigos que lhes esperam para continuar com aquele bom papo.
Agradecemos pela sua contribuição ao desenvolvimento da nossa comunidade e sentimos por não ter alcançado a nossa Ponta da Serra emancipada, fato este que está se concretizando.
Adeus Seu Raimundo!

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

LEI FEDERAL

Olhem o Absurdo !!!!! Divulgue!!!

Independentemente de orientação política, é preciso estar atento ao que anda acontecendo no Congresso Nacional. Mande para pessoas formadoras de opinião. Chega de sermos otários!!! A internet está dando resultado.. Temos um poderoso meio de comunicação na mão. Vocês viram a Petrobrás baixando os preços dos combustíveis? A internet pressionou muito divulgando para que boicotássemos os Postos BR (Petrobrás). Precisamos mostrar que o povo tem força e luta pelos direitos e uso correto do dinheiro público. Tem certas coisas que só dependem de nós, e este absurdo não podemos deixar.
ATENÇÃO!!!
Um deputado chamado JUTAHY MAGALHÃES, do PFL da Bahia, é o autor de um projeto de lei que legaliza a corrupção em nosso país (que parece não ser muita!). O projeto, conforme matéria da Rede Globo, proíbe o Ministério Público de investigar atos de corrupção de Presidente da República, Governadores de Estados, Senadores, Deputados Federais, Deputados Estaduais e Prefeitos. De acordo com a nova lei, que já foi aprovada em primeiro turno no congresso, esse pessoal aí vai deitar e rolar com o dinheiro público sem serem importunados. Então, caros internautas: Vamos espalhar esse assunto para toda a rede! Vamos pressionar de todas as formas possíveis, para que essa lei absurda e imoral não seja aprovada! Vamos nos utilizar de todos os meios disponíveis: televisão, rádios, jornais etc. etc.
O Brasil e o Povo Brasileiro não pode, de forma alguma, aceitar isso; que meia dúzia de parlamentares mal intencionados chefiados pelo tal JUTAHY MAGALHÃES, legalizem a corrupção e a bandalheira em nosso País.
Nós, internautas, já fomos responsáveis por soluções e divulgação de vários casos lamentáveis que envergonham todo e qualquer cidadão de bem. Acredito ser esta causa justa e que precisa ser levada ao conhecimento de toda a população .. Não vamos, de forma alguma, deixar passar em branco este ato vergonhoso, arquitetado por este elemento. Fiquem atentos, e vamos salvar o Brasil de mais esta maracutaia.
Divulguem este manifesto para todo o seu catálogo de endereços.
Obrigado,
Franklin Martins (Rádio CBN e Rede Globo)


Colaboração: Leile Lima, Rio de Janeiro
(Leile tem raizes familiares em Ponta da Serra)

NOTÍCIAS DA URCA

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁSECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR – SECITECE FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI – URCA AULA INAUGURAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO CONSTITUCIONAL

SERÁ NESTA SEXTA Será realizada hoje, dia 24, às 19 horas, no auditório do Hotel Encosta da Serra, em Crato, a aula inaugural do curso de Pós-Graduação em Direito Constitucional, que contará com 50 alunos. Esta é a segunda turma do curso. A aula será proferida pelo Professor Doutor Nilton Menezes Albuquerque, doutor em Direito Constitucional, pela Universidade Federal do Pernambuco (UFPE). No dia 25, o docente ministrará seminário sobre Pesquisa Jurídica, voltado para os alunos matriculados no curso de Pós-Graduação.

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR INICIARÁ 4ª TURMA NA URCA
A Coordenação do Curso de Especialização em Administração Hospitalar, da Universidade Regional do Cariri (URCA) informa que terá início a sua 4ª Turma, hoje, em Crato, no Campus do Pimenta. O início será às 13h30, na Sala do 2º Semestre do Curso de Enfermagem.

INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR DA URCA TERMINAM NESTA SEXTA-FEIRA

Serão encerradas hoje as inscrições para o processo seletivo 2009.1 da Universidade Regional do Cariri (URCA). A Comissão Executiva do Vestibular chegou a prorrogar o prazo das inscrições. A previsão é que mais sete mil inscritos concorram aos cursos da instituição, incluindo nesse semestre a realização do vestibular para os cursos de Artes Visuais e Teatro, no Departamento de Artes, em Barbalha, que contam atualmente com as primeiras turmas nos respectivos cursos. Mais informações pelo telefone 3102.1202.

PROEX e ONGAMI planejam atividades Realizada reunião na Pró-Reitoria de Extensão da URCA, coordenada pela Pró-Reitora Maria Arlerne Pessoa da Silva, com a presença do Presidente da Organização Não Governamental de Assistência à Melhor Idade - ONGAMI, Juracy Barbosa Alves, no último dia 14. A entidade desenvolve um trabalho junto aos idosos, em Juazeiro do Norte. Com a participação de docentes e diretores de centro, além do colaborador de ações da PROEX, Hermano José de Sousa, a reunião teve o objetivo de discutir e planejar ações conjuntas, envolvendo a participação dos Departamentos de Enfermagem, Educação Física e Curso de Direito, em algumas ações e serviços de orientação e encaminhamentos dos idosos aos vários serviços oferecidos no município. essa visão de trabalho constitui direitos garantidos na legislação de proteção a pessoa idosa. Em razão do período de recesso das aulas, cujo retorno está previsto para o dia 17 de novembro, ficou marcada outra reunião para o dia 25 de novembro, ocasião em que será elaborado um calendário de atividades e atendimentos a serem realizados no Campus do Pirajá, onde são desenvolvidos os trabalhos da ONGAMI. Professor da URCA participa de Mesa-Redonda em Encontro Internacional no Rio de Janeiro
O Professor Doutor Fábio José Rodrigues da Costa, do Departamento de Artes Visuais da Escola de Artes Violeta Arraes, participará no período de 23 a 26 de outubro, do Encontro Internacional Arte/Educação como Mediação no Centro Cultural do Banco do Brasil - CCBB do Rio de Janeiro. O evento é coordenado pela Professora Doutora Ana Mae Barbosa e patrocinado pela Petrobras. Curso de Especialização em Direito Penal e Criminologia tem aula inaugural
A Coordenação do Curso de Especialização em Direito Penal e Criminologia convida a todos a se fazerem presentes à aula inaugural a ser realizada no dia 31 de outubro de 2008, no Auditório do CDL, da Cidade de Iguatu, às 19 horas. MAIS INFORMAÇÕES: Universidade Regional do Cariri - URCA Assessoria de Comunicação Universidade Regional do Cariri - URCA (88) 3102-1212 ramal 2617 www.urca.br Elizangela Santos (88) 9915.3450 Crato, 24de outubro de 2008.

Colaboração : Tânia Peixoto

sábado, 18 de outubro de 2008

EMANCIPAÇÃO DE DISTRITOS

Os deputados aplaudiram o discurso do presidente da Casa em defesa da criação de novos municípios

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Domingos Filho (PMDB), comemorou a aprovação do projeto de lei complementar no Senado, na última quarta-feira, dia 15, que define regras para a criação, incorporação, fusão, desmembramento e instalação de municípios. O projeto aprovado foi baseado em propositura de autoria do peemedebista. A matéria será votado agora na Câmara dos Deputados. Após sancionado, as Assembléias Legislativas retomam o direito de criar novos municípios.Em 1996 a prerrogativa dos Estados de legislar sobre as emancipações foi retirada pela Emenda Constitucional 15/96. Na época, foi uma medida para frear as emancipações. Domingos ressaltou que o relator do projeto de lei complementar no Senado, senador Tasso Jereissati (PSDB), foi a favor da Emenda Constitucional.´Agora, como relator, ele pôde compreender que não se poderia simplesmente impedir a emancipação, o que deveria se fazer é ter regras”, esclarece. De acordo com Domingos Filho, a emancipação desenfreada resultou na transformação em municípios de distritos que não tinham viabilidade.A finalidade do projeto de lei complementar que acaba de ser aprovado no Senado, é definir regras para a emancipação, regras essas, que segundo Domingos Filho, correspondem a realidade de cada Região, o que para ele, é um detalhe essencial, pois cada Região tem suas diferenças.As regras serão obedecidas através do estudo de viabilidade que será realizado pelas Assembléias. Ele levará em conta a estrutura urbana, estimativa de receitas e de administração, existência de equipamentos sociais e de infra-estrutura, viabilidade política e administrativa como bens necessários ao funcionamento do Executivo e Legislativo e o número populacional, que é de cinco mil habitantes nas Regiões Norte e Centro-Oeste, sete mil no Nordeste e dez mil no Sul e Sudeste.Além do estudo de viabilidade terá que ser realizada uma consulta plebiscitaria em todo o município para questionar a população se concorda com a mudança. Domingos Filho questiona, de certa forma, a obrigatoriedade da pesquisa em todo o município, segundo ele, pelo fato de nem todos os habitantes conhecerem a realidade do município cujo distrito será desmembrado em razão da quantidade de distritos e a distância entre eles, mas admite ser necessário a consulta.


FOTE: Diário do Nordeste de 18 de outubro de 2008