terça-feira, 30 de agosto de 2011

Deputados avaliam visitas a órgãos que apuram caso de kits sanitários


A Comissão de Fiscalização e Controle da Assembleia realizou, na manhã desta terça-feira (30/08), reunião ordinária, para avaliar as visitas aos quatro órgãos que apuram denúncias sobre o suposto desvio de recursos na construção de kits sanitários. Os deputados visitaram o Tribunal de Contas do Estado (TCE), Ministério Público Estadual (MPE), Secretaria das Cidades e Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE).

Segundo o presidente da Comissão, deputado Sineval Roque (PSB), os parlamentares ficaram satisfeitos com os dados apresentados pelos representantes dos quatro órgãos. Ele frisou que "a Assembleia vai fazer o possível para que essa investigação aconteça de maneira transparente para a população do Ceará".

O relator das visitas, deputado Dedé Teixeira (PT), pontuou que, tão logo o setor de taquigrafia da Assembleia termine de preparar os relatos feitos nas visitas, começará a preparar o seu relatório. Ele pediu um prazo de cinco dias úteis para concluir o documento.

O deputado Moésio Loiola (PSDB) pediu a Dedé Teixeira que, antes do relatório ser lido e apresentado na Comissão, seja entregue aos titulares e suplentes do Colegiado para que “todos tenham conhecimento do seu conteúdo”.

Ainda durante a reunião, foram deliberados nove ofícios. Entre eles, dois são do TCE. Um encaminha a relação de contratos, convênios, acordo de cooperação e termos de cessão de uso, firmado durante o primeiro e segundo trimestre de 2011; o outro encaminha relatório de atividades do segundo trimestre de 2011.

Participaram da reunião os deputados Moésio Loiola, Dedé Teixeira, Sineval Roque e Manoel Duca (PRB).

Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa

Ronaldo Gomes de Matos filia-se ao PMDB


O PMDB do Crato irá realizar nessa quinta, dia 1º de setembro, ás 17hs, na AABB, a solenidade de filiação do senhor Ronaldo Gomes de Mattos. O evento contará com a presença do Senador Eunício Oliveira e várias lideranças políticas municipais, regionais e estaduais.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Flávio José, "vamos fazer fuá na Tijuca"

Colaboração Zé Sedrim

Missão Miranda


Recital Experiências Musicais - Coral da UFC - Cariri -

Colaboração Marisa Galdino

Semana homenageará os 90 anos de nascimento de Paulo Freire



No período de 12 a 18 de setembro de 2011, a cidade do Crato, no Cariri cearense, sediará a I Semana Freiriana do Cariri. O evento é uma iniciativa da Escola de Políticas Públicas e Cidadania Ativa – EPUCA, com patrocínio do Banco do Nordeste, do Governo do Estado do Ceará e da Revista Nordeste VinteUm. Todas as atividades da Semana serão gratuitas, à exceção das Oficinas Pedagógicas.
Assim, serão realizadas três Rodas de Conversa sobre temas relacionados à Educação, tendo por base as contribuições teóricas e práticas de Paulo Freire e o pensamento de especialistas convidados. As Rodas de Conversa acontecerão no Salão de Atos da URCA (Campus Pimenta), e terão como palestrantes a educadora Fátima Freire Dowbor, filha de Paulo Freire, o educador mineiro Tião Rocha, do Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento – CPCD, e o educador e pesquisador freiriano João Figueiredo, da Universidade Federal do Ceará.
Além disso, serão realizadas 14 Oficinas Pedagógicas dirigidas a professores/educadores das redes pública e privada de ensino do Cariri e demais interessados, com ênfase nas áreas de metodologia e didática do ensino e nas novas temáticas e abordagens da Educação.
Todas as Oficinas serão realizadas no horário de 8h00min as 12h00min e de 13h30min as 17h30min, na Universidade Regional do Cariri (Campus Pimenta), e terão duração de 16 horas (2 dias) cada. Isto significa que cada pessoa poderá participar de até três Oficinas. Os valores das inscrições, por pessoa, serão: R$ 40,00 para uma Oficina, R$ R$ 70,00 para duas Oficinas e R$ 90,00 para três Oficinas.
A agenda noturna da Semana terá também uma Mostra de Vídeo com a exibição de 4 vídeos sobre Paulo Freire (biografia, educação, inspirações e legado). Cada sessão de vídeo será seguida de diálogo com os presentes, mediado por estudiosos do pensamento e da obra de Paulo Freire. A Mostra de Vídeo terá lugar no Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva (antigo Cineteatro do Crato).
Durante toda a Semana, tanto a URCA quanto o Teatro Municipal servirão de palco para o Festival de Saberes, Sabores, Sons e Cores da Gente. Serão realizadas atividades artístico-culturais que evidenciem o jeito de ser e de viver de comunidades urbanas e rurais dos municípios do Cariri, através de suas tradições, sua culinária, sua música, seu artesanato e outras formas de expressão.
“Essa é uma dimensão da compreensão freiriana de Educação que precisa ser reconhecida, valorizada e fortalecida”, destaca Joelmir Pinho, diretor geral da EPUCA e membro da comissão organizadora do evento. A programação completa do Festival será divulgada em material específico, no início de setembro de 2011.
Serviço
I Semana Freiriana do Cariri, de 12 a 18 de setembro de 2011 | Crato - Cariri - Ceará.
Informações e inscrições
Rua Santos Dumont, 87C | Centro - Crato-CE.
88 9953-0610 | 88 8110-4321 | 88 9624-4866 | 88 8806-1902 | 88 9216-2400 | 88 9211-7600
www.semanafreiriana.wordpress.com | epuca2010@hotmail.com |semanafreiriana@hotmail.com



Tânia Peixoto
"O tempo é o meu lugar, o tempo é minha casa."
(Vitor Ramil)

domingo, 28 de agosto de 2011

27 de Agosto Dia do Psicólogo – Por João César Mousinho de Queiroz


- psicologia da personalidade - ocupa-se dos diagnósticos e desenvolvimento das personalidades.
- psicologia social - estuda o comportamento dos indivíduos dentro do grupo.
- psicologia comparativa - compara o comportamento animal com o do homem.
- psicologia do desenvolvimento - avalia as mudanças que acontecem com o indivíduo.
- psicologia experimental - analisa os fenômenos psicológicos com fenômenos naturais, em condições monitoradas em laboratório.
- psicologia clínica - tratamento das neuroses e demais problemas psíquicos.
O profissional de psicologia é, como o próprio nome da teoria sugere, um conhecedor da mente humana. A palavra deriva do grego e significa psyche (mente ou alma) e logos (conhecimento), ou seja, "ciência da alma": sua definição mais antiga. Tudo começou com os filósofos, os primeiros a fazer especulações em relação a problemas psicológicos, em busca de respostas sobre a natureza da alma e de sua relação com o corpo. Daí o costume de se dizer que a filosofia é a mãe da psicologia ou que os filósofos foram os precursores dos psicólogos. Hoje, a definição da psicologia é outra e cabe ao psicólogo "estudar os fenômenos da mente e do comportamento do homem com o objetivo de orientar os indivíduos a enfrentar suas dificuldades emocionais e ajudá-los a encontrar o equilíbrio entre a razão e a emoção". O objeto de estudo do psicólogo é o comportamento humano e o seu principal objetivo é compreender o homem. Apesar desse intuito de compreensão não ser uma característica somente do profissional de psicologia - temos também o antropólogo, o sociólogo e o economista procurando o mesmo -, fica visível que estes dão ênfase, sobretudo, aos grupos e sociedades, enquanto aquele se fixa no indivíduo.
Isto também não significa que o psicólogo só veja o indivíduo em separado, fora do coletivo, mas sim que enxerga o homem como a unidade do grupo. Para quem anda pensando em seguir essa profissão, alguns conhecimentos podem ajudar a se definir na escolha. Uma delas é saber sobre o seu futuro campo de atuação, ou seja, onde e como poderá trabalhar. O psicólogo pode atuar não apenas em consultórios, mas ainda em escolas, dando orientação vocacional; em empresas, participando de processos de seleção de funcionários; em hospitais, atendendo a pacientes e seus familiares; e mesmo na área de pesquisa, avaliando perfil do consumidor. Também pode trabalhar como psicólogo esportivo, preparando os atletas emocionalmente, ou como psicólogo educacional, auxiliando pais e professores a solucionar problemas de aprendizagem. O campo é bem amplo. A psicologia jurídica é outra área desse universo de opções. Como psicólogo jurídico, você vai acompanhar processos de adoção ou de violência a menores ou, em caso de presídios, avaliar os detentos. Seja qual for a sua escolha, o importante é saber que você vai estar lidando com pessoas em seus sentimentos, medos e desejos. E que isto requer muito cuidado. O curso de psicologia vai dar a você, nos períodos iniciais, uma visão dos diferentes aspectos da psicologia: história, teoria e principais correntes.
Também haverá aulas enfocando matérias sobre saúde, como neurologia, por exemplo. Mais adiante é que o aluno vai se deparar com as disciplinas profissionalizantes e optativas, como pedagogia do excepcional, problemas de aprendizagem e orientação vocacional. Nesse momento, é a hora de optar por uma área de especialização. No caso de quem pretende clinicar, o estágio é obrigatório, mas todos, uma vez formados, deverão se registrar no Conselho Regional de Psicologia. O curso tem duração de quatro anos, para o bacharelado, e cinco, para quem deseja ainda a formação clínica, para atendimento em consultório.
SP-27.08.11-www.sosdrogasealcool.org

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

II MOSTRA DIDÁTICA DE TEATRO



Tânia Peixoto
"O tempo é o meu lugar, o tempo é minha casa."
(Vitor Ramil)

Mostra reunirá 62 shows de 46 artistas independentes de onze estados de três regiões brasileiras




FORTALEZA, 25.08.2011 - A V Mostra Banco do Nordeste da Canção Brasileira Independente reunirá 62 shows de 46 artistas e bandas de 11 estados de três regiões brasileiras (Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba e Bahia, do Nordeste; Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, do Sudeste; e Paraná, da região Sul), no período de 14 de setembro a 1º de outubro próximos.

Os shows da Mostra serão apresentados nos três Centros Culturais Banco do Nordeste (Fortaleza; Cariri, em Juazeiro do Norte, região Sul do Ceará; Sousa, no alto sertão paraibano), e também no Anfiteatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza. O evento conta ainda com a realização de workshop, exposição e oficinas.

A Mostra presta uma justa homenagem ao Artista Independente. Eles propagam em suas localidades as experiências vivenciadas a partir de duas vertentes: diversidade e identidade. Alheios às adversidades, participam de todas as etapas da produção dos seus respectivos trabalhos, indo desde o processo de composição, passando pelo registro, assinatura de contratos, até a elaboração da apresentação junto ao público, primando pela fusão de elementos locais, regionais e planetários.

Tudo isso interagindo em perfeita sintonia, no espaço aberto pelo Banco do Nordeste, principal instituição financeira do Governo Federal dedicada às questões de desenvolvimento sustentável da região Nordeste, para agregar e promover novos e veteranos talentos da música independente brasileira.





ENTREVISTAS E INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

* André Marinho (coordenador geral da Mostra) - (85) 3464.3259 / 9111.1090 -andreluismm@bnb.gov.br

* Tessi Letícia Barbosa (gerente do CCBNB-Fortaleza) - (85) 3464.3111 / 8635.6031 -tessileticia@bnb.gov.br

* Lênin Falcão (gerente do CCBNB-Cariri) - (88) 3512.2855 / 8802.0362 - lenin@bnb.gov.br

* Ricardo Pinto (gerente do CCBNB-Sousa) - (83) 3522.2980 / 8802.5737 -yuca@bnb.gov.br

* Luciano Sá (assessor de imprensa do Centro Cultural Banco do Nordeste) - (85) 3464.3196 / 8736.9232 - lucianoms@bnb.gov.br

8 anexosBaixar todos os anexos (zipado para
Português
Menu de codificação de nome de arquivo
) Exibir todas as imagens
Batuque Elétrico (1).jpgBatuque Elétrico (1).jpg
380K
criolina_cine2_fotógrafo Airton Valle.jpgcriolina_cine2_fotógrafo Airton Valle.jpg
514K
Wado.jpgWado.jpg
591K

CONVITE - III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE POLITICAS PARA MULHERES - CRATO/CE


Prezad@s,

Temos a honra de convidá-los a participar da “3ª Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres”, que acontecerá no dia 29, próxima segunda-feira, no Teatro Salviano Arraes, município do Crato, no horário de 7h30min às 16h.
“As conferências públicas são momentos privilegiados de participação ativa da população nos debates sobre temas e questões relevantes que dizem respeito à toda sociedade, oferecendo subsídios aos órgãos governamentais na formulação e avaliação da execução de políticas públicas.”

Contamos com sua participação, e por gentileza, divulgem este importante evento, para que assim, tenhamos uma expressiva participação das mulheres cratenses.
Convite e programação em anexo!

Atenciosamente,

Heliane Aragão
Membro da Comissão Organizadora
III Conferência Municipal de Políticas para as Mulheres
Contatos: (88) 9902.4362 (tim)


"Não há saber mais ou saber menos. Há saberes diferentes"
Paulo Freire

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

EU VI O BRASIL DE AMANHÃ Delúbio Soares (*)


No interior de Goiás, diante de meus olhos e com grande emoção, assisti o encontro de quarenta e quatro crianças com o futuro. Faz poucos dias, foi em Buriti Alegre, onde estudantes da rede municipal de ensino, do ensino fundamental, receberam computadores novos (netbook) para serem utilizados em seus estudos.

Na Escola Municipal Juvercina Teixeira de Mendonça, colégio agrícola situado na zona rural de minha amada terra natal, vi os filhos de pais humildes, crianças pobres, mas cheias de alegria e de inquietações, sedentas de saber e com toda vida pela frente, receberem máquinas de última geração não como quem recebe um brinquedo ou um presente. Existia nas faces de cada um deles, nas expressões admiradas dos pais (majoritariamente analfabetos ou semi-alfabetizados) e no orgulho dos professores, a certeza de que nada será como antes. Que estranho e poderoso simbolismo aquele, o do futuro representado na imagem impressionante do pai lavrador de mãos calosas ao lado do filho que segurava com naturalidade o seu computador! Do cabo da enxada que sulcou a terra e alimentou a família ao teclado que vai abrir mais horizontes e alargará os caminhos do futuro para uma geração que não será intimidada pela pobreza nem renegada por um país que está assumindo seus filhos com responsabilidade e justiça social. Melhor imagem do Brasil de hoje, impossível.

Aquele momento mágico, que jamais sairá da memória, do coração e das retinas dos que tiveram a sorte de presenciá-lo se deveu a um homem austero, trabalhador e visionário. O prefeito João Alfredo (PT), meu companheiro de tantas lutas e amigo fiel, com recursos da própria prefeitura de Buriti Alegre tem investido na educação como poucos administradores públicos o fizeram em todo o Brasil em qualquer tempo. Não economizou recursos e nem criatividade. O governo petista de minha terra construiu várias novas unidades educacionais com dezenas de salas de aulas, melhorou substancialmente a situação do magistério local, a qualidade do material didático e da merenda escolar, além do transporte dos estudantes na zona rural de Buriti Alegre. Estamos fazendo a lição de casa na Educação. Agora, com recursos próprios, o computador é levado aos distritos mais distantes de um Município que tem crescido de forma impressionante em todos os setores.

Desde o início do governo do presidente Lula existe um programa de imenso alcance social e educativo, o UCA (“Um Computador por Aluno”). Ele adquire uma importância imensa a cada dia, pois é a ponte mais segura e viável na ligação entre nossos jovens e o amanhã. O lápis e a borracha foram substituídos pelas teclas, e a tela dos computadores faz com grande vantagem o papel antes destinado tanto ao quadro negro quanto aos livros dispostos cuidadosamente nas estantes de nossas bibliotecas públicas Brasil afora. Nessas máquinas fabulosas e a cada dia mais sofisticadas e, paradoxalmente, mais simples e baratas, está o universo do conhecimento a disposição dos que querem explorá-lo, dominá-lo, utilizá-lo. E o Estado brasileiro tem a obrigação de prover seu sistema público de ensino com o que de mais moderno e eficiente existir na tecnologia da informação, dotando tanto os professores quanto os estudantes das condições para contar com tão indispensável auxílio.

Se já alimentamos as legiões de irmãos que estavam aterrados pela miséria e submetidos pela fome, ao retirarmos de condições desumanas mais de 40 milhões de brasileiros, incluindo-os na nova e poderosa classe média que está girando a economia nacional e fortalecendo ainda mais nosso país, agora podemos e devemos investir em mais um programa de altíssimo alcance: o UCA.

Mesmo que os computadores de Buriti Alegre, por iniciativa de um prefeito trabalhador e competente, não façam parte de tal projeto, eles estão dentro do espírito que norteou o Ministério da Educação no governo Lula e, agora, no governo Dilma, a priorizar a informatização das escolas públicas em todo o nosso imenso território nacional, com banda larga de altíssima velocidade e computadores de última geração. Cuidemos dos problemas do presente, mas lancemos as sementes de um futuro extraordinário que está reservado ao nosso país.

Gostaria de repartir com todos a essência daquele momento, o sentimento que tomou-me por completo, a emoção que certamente dispensa palavras. Fiz uma viagem à infância, retornei aos anos já distantes em que, de pés descalços no solo generoso e fértil do meu Goiás, com meus irmãos andando léguas a pé até a escolinha distante da roça, carregando cadernos e livros reaproveitados, lápis apontados com esmero na ponta da gilete, a borracha pequena de tanto uso, a única régua... Depois a universidade, o magistério, a militância sindical, a fundação do PT, as lutas, minha vida política, tudo. E olhei aquelas crianças que seguravam seus computadores. Estavam felizes, mas não estavam deslumbradas. Incrivelmente, pareciam saber que não era um presente, mas o reconhecimento de um direito de cada uma delas. E num momento impressionante, num átimo de segundo, pude ter a certeza absoluta de que recebiam não como o fariam com um velocípede, uma bicicleta ou o pedido atendido por Papai Noel.

Nossos olhares se cruzavam e pude testemunhar, apesar de minha emoção, que aqueles pequenos e determinados filhos do povo, aquele gente miúda e extraordinária do Brasil profundo, segurava seus computadores com as duas mãos, com ar sereno e compenetrado, como quem segura o futuro melhor que os espera logo ali. Confesso, seguro e feliz, que todo e qualquer sofrimento é menor, infinitamente menor, que a suprema alegria de ter participado daquele momento. Eu vi o Brasil de amanhã.

(*) Delúbio Soares é professor

companheirodelubio@gmail.com

RAPADURA CULTURARTE 27/08/2011


Local: Pizzaria Primavera - Calçadão

Horário: 9 horas

“Dedicado aos 60 anos da Rádio Araripe”

A Escolinha do Rádio Caririense

Agosto/1951 – Agosto/2011

1. Artigo: “Rádio Araripe – A Escolinha do Rádio Caririense” – Jorge Carvalho

Leitura: Fábio Lemos

Marcos Carneiro

Reginaldo Silva

2. Histórico da Rádio Araripe:

Huberto Cabral

Almério Carvalho

Mazinho

3. Características de programação: Mazinho (Acervo: Jorge Carvalho)

4. Apresentação do Cordel:

- Rádio Araripe – A Escolinha do Rádio Caririense

Autor: Aldemá de Morais (Solicitação: Jorge Carvalho)

5. Musicas anos 50, 60, 70, 80, 90 e 2000

6. Homenagens:

Edmundo Gonçalves; Francisco Gonçalves Aleixo (Chico da Rádio); J. Favela; Mazinho; Vicente Feitosa (90 anos); José dos Prazeres (85 anos); Fernando Feitosa (60 anos); Francisco Alves – O rei da voz (113 anos); Sociedade Esportiva Votoran (50 anos); Gledson Chaves (70 anos); Escola de Samba O Vitorino (50 anos – 19/02/1961).

7. Grupo Musical: Cheiro de Saudade

domingo, 21 de agosto de 2011

- RÁDIO ARARIPE - A Escolinha do Rádio Caririense


60 anos no ar – Agosto/1951 – Agosto/2011

Vivi minha infância e parte da minha adolescência no bairro Alto da Penha. Ali, por iniciativa da minha querida mãe, que sempre sintonizava a sua frequência: ZYH 20, Rádio Araripe do Crato, a voz do Cariri, comecei a ouvir, admirar, a amar a pioneira. Pela manhã o matutino “Pré-9”, retransmitido da Ceará Rádio Clube. Logo em seguida: “Sertão comé que é” na apresentação de Elói Teles. Meio dia: “Festa em seu lar”, onde eram destacadas as notas sociais e a crônica da cidade, sempre escrita pela inteligência e capacidade cultural invejável de João Lindemberg de Aquino. No início da tarde: “Cartaz dos Ouvintes”, na apresentação de Heron Aquino. No final da tarde: “Ritmos do Nordeste”, com a comunicação de Zé Moreira. Sábado a noite: “A festa da casa grande” – O maior forró da sua vida. Domingo pela manhã: “Saudade jovem”, com Mazinho. Domingo a noite: “Salve a retreta”, com Elói Teles. Lembro-me das transmissões esportivas, tendo como narrador o meu estimado tio Aderbal Carvalho, e nos comentários: Elói Teles. Por falar em transmissão esportiva, lembro-me do programa “Rádio Esportes Araripe”, sempre no horário de 18:30 horas, com a equipe da pioneira – a equipe que tem o objetivo era o slogan, programa este, que ainda cheguei a apresentar nos anos 80. Outro programa que marcou minha infância foi: “Bazar de Músicas”, que tinha como slogan: “uma festa em cada lar caririense”, na apresentação de Zé Moreira. “Sucessos que marcaram época” na inconfundível comunicação de Campos Júnior, aos sábados. Alguns dos inúmeros profissionais que ali trabalharam e que procurarei citá-los são: Ruy Lemos, Paulo Penha, Francisco José, Roberto Silva, José David Gadelha (Dezim), Cirilo Cardoso, Ancelmo Calábria, J. Alcides, Gilberto Pinheiro, Elói Teles, Rajane Limaverde, Barbosa Santos, Juscelino Leal, Maranhão, Carlos Alberto Miranda, Campos Júnior, Robledo Pontes, Lulu Santos, Bandeira de Alencar, Francisco Alexandre, Heron Aquino, Antônio Vicelmo, J. Favela... são esses alguns radialistas de peso que me lembro ter ouvido. A minha ligação com a Rádio Araripe não é só como ouvinte, é também familiar. Meus tios Osvaldo Alves, Aderbal Carvalho, Almério Carvalho, Almir Carvalho, por ali passaram deixando a presença da família Carvalho e Alves de Sousa na história da pioneira. Por falar em família Carvalho, quem não lembra “Espinhos e Rosas” com Juca e Jeremias, onde o meu tio Aderbal fazia o papel de Jeremias. Quero, assim, a todos e a todas que trabalharam na pioneira, não só na locução, mas em qualquer outra função, homenagear nesse pequeno artigo que ora escrevo. Aproveito o momento para enviar meu abraço fraterno aos que nos dias de hoje fazem parte do corpo de radialistas da Araripe AM “a rádio da maioria”: Francildo Gonçalves, Lucion Oliveira, Carlos Bezerra, Ambrosio Santos, Sinesio Souza, Marcos Silva, Roberto Lima, Eduardo Junior, Fernando Costa, Francisco Simão, Mazinho, Expedito Possiano, Osvaldo Filho e abraço especial a Francisco Gonçalves Aleixo (Chico da rádio). Lembrei-me do amigo Wilson Rodrigues, do estimado e sempre companheiro Mazinho, pessoa pela qual tenho a maior admiração e estima. Outra demonstração de afeto a antiga emissora associada é demonstrada pela aquisição de minha parte de todas as características daquela que amei na infância, adolescência e que tenho o mesmo amor, hoje, na maturidade humana, ao passar dos meus 50 anos de idade. Todas essas características, que estão em disco vinil, transportei para o CD, num total de 50 faixas, inclusive com a abertura e encerramento da sempre querida, admirada e estimada ZYH 20 - Rádio Araripe do Crato, a voz do Cariri. A escolinha do rádio caririense.

Artigo dedicado a Francisco Gonçalves Aleixo (Chico da Rádio), J. Favela e Lucimar Rodrigues Leite (Mazinho)

Jorge Carvalho - Professor

NOTÍCIAS DA URCA - CARIRI: 19 de agosto de 2011

19-08-2011

URCA/PROEX promove campanha com Grupo de Apoio à Livre Orientação Sexual do Cariri

A Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) da Universidade Regional do Cariri (URCA), em parceria com o Grupo de Apoio à Livre Orientação Sexual do Cariri, realizam ações do Projeto Promovendo Saúde, Cultura e Direitos Humanos durante a mobilização do Orgulho LGBT, para o desenvolvimento de ações de saúde com ênfase na prevenção das DST/HIV/AIDS e Hepatites Virais e de estímulo à realização do diagnóstico precoce para detecção do vírus HIV.

O Projeto tem o apoio da UNESCO, Departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Governo do Estado do Ceará, Prefeitura de Juazeiro do Norte, URCA, dentre outras instituições envolvidas.

Ao longo dos dias 19, 22, 23 e 24 de agosto uma tenda será montada nos campus da URCA, no Pimenta/Crato (19), São Miguel/Direito-Crato (22), CRAJUBAR/Juazeiro do Norte (23) e Pirajá/Juazeiro do Norte (24), com o objetivo de mobilizar a comunidade universitária para a atenção e os cuidados com a saúde e os problemas com as DST/HIV/AIDS e Hepatites Virais.

Empresa Júnior de Consultoria em Economia inicia Roda de Conversa nesta sexta, 19

A Empresa Júnior de Consultoria em Economia - EJUCEC inicia, na próxima sexta, 19, uma série de conversas com empresários, gestores, membros de entidades de classe e demais profissionais que de algum modo têm contribuído para o desenvolvimento sócio-econômico da região do Cariri.

O evento Roda de Conversa, do dia 19/08, apresenta o Empresário Ronaldo Gomes de Matos, que compartilha suas experiências na Cerâmica Gomes de Matos - CGM.

A Roda de Conversa acontece nas dependências do Curso de Economia da Universidade Regional do Cariri - URCA, a partir das 19 horas. As inscrições podem ser realizadas na EJUCEC. Maiores informações: Valéria Feitosa Pinheiro (Coordenação da EJUCEC) - (88) 9965-7314; Adriana Correia Lima (Coordenação da EJUCEC) - (88) 9405-9613; Cristofer (Presidente da EJUCEC) - (88) 9224-8090.

Prorrogadas as inscrições dos cursos de especialização durante o mês de agosto, na URCA


1. Dias: 09, 10 e 11/09/11 - Educação Ambiental - Crato (1º módulo);
2. Dias: 23, 24 e 25/09/11 - Botânica Aplicada às Plantas Medicinais - Crato (1º módulo) ;
3. Educação ambiental – Iguatu. Início do curso: mês de setembro de 2011
Material disponível do Departamento de Ciências Biológicas; Informações no Departamento de Ciências Biológicas - Fone; (088- 2102-1212 -ramal: 2315 ou com a secretária Laura nos fones: (088) 9639-4640 - 9255-5274

Geopark Araripe funciona em nova sede

O Geopark Araripe está funcionando na nova sede administrativa, que foi construída com recursos do Ministério da Integração Nacional-MIN. O novo endereço é Rua Carolino Sucupira, S/N- Bairro Pimenta, em Crato.

A nova sede administrativa funcionará das 8 horas às 18 horas, de segunda à sexta-feira. O prédio tem 441 metros quadrados e conta com uma sala multiuso (auditório), sala de reuniões, diretoria, área de acesso para portadores de deficiência e salas técnicas. A mudança ocorreu também para o setor de Educação Ambiental do Geopark, que agora funciona no Centro de Interpretação e Educação Ambiental-CIEA. Com isso, os agendamentos de visitas de escolas serão todos feitos no CIEA ou pelo telefone +55 (88) 8113.9981. De caráter temporário, nosso telefone para contato é +(88) 8113. 9981.

Professor da URCA aprovado para Doutorado no Programa de Geografia Humana da USP

O Professor do Departamento de Geociências, do curso de Geografia da Universidade Regional do Cariri (URCA), Emerson Ribeiro, foi aprovado para realizar o Doutorado na Universidade de São Paulo (USP), por meio do programa de Geografia
Humana, tendo como orientadora a Professora Doutora Glória da Anunciação Alves. Com isso, soma-se mais um docente da Universidade na busca da qualificação profissional, e conseqüente crescimento institucional.


Universade Regional do Cariri - URCA

(88) 3102-1212 - 8812.5525 ramal 2617

www.urca.br – Crato, 16 de agosto de 2011

Tânia Peixoto






Crato avança com Plano Municipal de Saneamento


Os avanços nas discussões para implantação do Plano Municipal de Saneamento Básico do Crato estão sendo registrados a cada discussão, com a comunidade, nas audiências vêm sendo realizadas. Ontem, mais uma vez, os técnicos estiveram reunidos com representantes da população para debater os próximos passos do trabalho. O Plano trata de um conjunto de infra-estrutura e instalações de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos e drenagem, além de manejo das águas pluviais urbanas. O projeto é uma parceria do município com a Secretaria Estadual das Cidades. Para ser elaborado, é necessária uma ampla participação da comunidade na sua construção, com sugestões e críticas. A reunião aconteceu no Teatro Salviano Saraiva. Em alguns distritos da cidade já aconteceram as discussões. O Crato tem 8 meses para concluir o plano e enviar para Brasília, esperar os recursos para assim dar início as obras de saneamento básico que a população tanto deseja e precisa. A atual administração já tem desenvolvido diversos projetos na área de saneamento básico, exemplo disso foi o projeto de saneamento, com a renovação das tubulações das redes de água e esgoto, realizado com a coordenação da Sociedade Anônima de Água e Esgotos do Crato (SAAEC), com investimentos em torno de R$ 9 milhões, por meio de uma parceria dos governos municipal e federal


Site do Municipio

A MARCHA DAS MARGARIDAS



Ago 16, 2011
A marcha das mulheres trabalhadoras rurais recebeu o nome de MARCHA DAS MARGARIDAS em homenagem à ex-líder sindical, Margarida Maria Alves. Ela foi assassinada em 1983, na porta de sua casa, por latifundiários do Grupo Várzea, na cidade de Alagoa Grande, Paraíba.

Margarida Maria Alves era Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoa Grande, na Paraíba, e fundadora do Centro de Educação e Cultura do Trabalhador Rural. Ela obteve grande destaque na região por incentivar os trabalhadores rurais a buscarem na Justiça a garantia dos seus direitos protegidos pela legislação trabalhista. Promovia campanhas de conscientização com grande repercussão junto aos trabalhadores rurais que, assistidos pelo Sindicato, moviam ações na Justiça do Trabalho, para o cumprimento dos direitos trabalhistas, como carteira de trabalho assinada, 13º salário e férias.
Exemplo de luta e coragem
À época do assassinato de Margarida Alves, foram movidas 73 reclamações trabalhistas contra engenhos e a Usina Tanques. Um fato inusitado, em função da então incipiente democracia brasileira, e que gerou grande repercussão. Em conseqüência disso, Margarida Alves passou a receber diversas ameaças. Eram “recomendações” para que ela parasse de criar “caso” e deixasse de atuar no Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
A despeito disso, Margarida Alves não escondia que recebia outras ameaças. Pelo contrário, tornava-as públicas, fazendo questão de respondê-las. Um dia antes de morrer, Margarida Alves participou de um evento público, no qual falou dos recados que vinha recebendo. Em seu último discurso, registrado em fita cassete, Margarida denunciou as ameaças que vinha sofrendo e disse que preferiria morrer lutando a morrer de fome.
Margarida se tornou um símbolo de força, de garra, de coragem, de resistência e luta. Um exemplo e um estímulo com grande força mobilizadora. Cada mulher trabalhadora rural se inspira em Margarida Alves para resistir, lutar contra as formas de discriminação e violência no campo, qualificar, mobilizar e participar das lutas por igualdade de gênero, por justiça e paz no campo.
O espírito de luta em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras rurais encontrado em Margarida foi o principal motivo de seu assassinato. Margarida não morreu, suas pétalas se espalharam e florescem a cada dia, se multiplicando num imenso jardim.
Trajetória histórica
Após a realização de três grandes marchas, as mulheres trabalhadoras do campo e da floresta retomam o amplo processo de mobilização para a construção da MARCHA 2011.
Em cada uma das três marchas, realizadas nos anos de 2000, 2003 e 2007, a plataforma política e pauta de reivindicações focalizou questões estruturais e conjunturais e aquelas específicas das trabalhadoras do campo e da floresta, todas buscando a superação da pobreza e da violência e o desenvolvimento sustentável com igualdade para as mulheres.
Resultados da Marcha das Margaridas – 2000/2003/2007
A Marcha 2000, realizada durante o governo FHC, teve um forte caráter de denúncia do projeto neoliberal, mas as trabalhadoras rurais também apresentaram uma pauta de reivindicações para negociação com o governo. Grande parte dessas reivindicações voltou a integrar a pauta das marchas seguintes, realizadas nos anos 2003 e 2007 sob o governo Lula, em que foram obtidas maiores conquistas.
Atualmente, após a realização de três grandes marchas, as trabalhadoras do campo e da floresta podem contabilizar algumas conquistas, embora haja muito por construir em termos de políticas estruturantes e políticas públicas para as mulheres.
Trabalho e Previdência Social
Conheça as principais conquistas das Marchas das Margaridas:
- Documentação, acesso a terra, apoio às mulheres assentadas e políticas de apoio a produção na agricultura familiar- Criação do Programa Nacional de Documentação da Mulher Trabalhadora Rural – PNDMTR- Fortalecimento do PNDTR com ações educativas e unidades móveis em alguns estados- Titulação Conjunta Obrigatória – Edição da Portaria 981 de 02 de outubro de 2003- Revisão dos critérios de seleção de famílias cadastradas para facilitar o acesso das mulheres a terra- Edição da IN 38 de 13 de março de 2007 – normas para efetivar o direito das trabalhadoras rurais ao Programa Nacional de Reforma Agrária, dentre elas a prioridade às mulheres chefes de família.- Capacitação de servidores do INCRA sobre legislação e instrumentos para o acesso das mulheres a terra- Formação do Grupo de Trabalho (GT) sobre Gênero e Crédito e a Criação do Pronaf Mulher- Criação do crédito instalação para mulheres assentadas- Declaração de Aptidão ao Pronaf em nome do casal- Ações de Capacitação sobre Pronaf – Ciranda do Pronaf e Capacitação em Políticas Públicas- Inclusão da abordagem de gênero na Política Nacional de Ater e da ATER para Mulheres- Apoio ao protagonismo das mulheres trabalhadoras nos territórios rurais- Criação do Programa de Apoio a Organização Produtiva das Mulheres
- Apoio para a realização de Feiras para comercialização dos produtos dos grupos de mulheres
Manutenção da aposentadoria das mulheres aos 55 anos
Representação na Comissão Tripartite de Igualdade de Oportunidades do Ministério do Trabalho
Saúde
- Implementação do Projeto de Formação de Multiplicadoras(es) em Gênero, Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos em convênio com o Ministério da Saúde
- Reestruturação do Grupo Terra responsável pela construção da política de saúde para a população do campo.
Educação
- Criação da Coordenadoria de Educação do Campo no MEC.
Enfrentamento à Violência
- Campanha Nacional de Enfrentamento a Violência contra as Mulheres do Campo e da Floresta- Criação e funcionamento do Fórum Nacional de Elaboração de Políticas para o Enfrentamento à – Violência contra as Mulheres do Campo e da Floresta
- Elaboração e inserção de diretrizes na Política Nacional de Enfrentamento à Violência contra as mulheres voltadas para o atendimento das mulheres rurais
Em 2011, as margaridas marcham por desenvolvimento sustentável com justiça, autonomia, igualdade e liberdade. A Marcha tem ainda, as seguintes razões:
- Denunciar e protestar contra a fome, a pobreza e todas as formas de violência, exploração, discriminação e dominação e avançar na construção da igualdade para as mulheres;- Atuar para que as mulheres do campo e da floresta sejam protagonistas de um novo processo de desenvolvimento rural voltado para a sustentabilidade da vida humana e do meio ambiente;- Dar visibilidade e reconhecimento à contribuição econômica, política e social das mulheres no processo de desenvolvimento rural;- Contribuir para a organização, mobilização e formação das mulheres do campo e da floresta;
- Propor e negociar políticas públicas para as mulheres do campo e da floresta.
Eixos Temáticos – Plataforma política 2011
- Biodiversidade e democratização dos recursos naturais – bens comuns- Terra, água e agroecologia- Soberania e segurança alimentar e nutricional- Autonomia econômica, trabalho, emprego e renda- Saúde pública e direitos reprodutivos- Educação não sexista, sexualidade e violência
- Democracia, poder e participação política

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Cultura popular é o maior tesouro do Cariri, diz Inácio Arruda



[Foto]

A grande contribuição do Cariri para o mundo e para o Brasil não se dá pela cultura letrada e o vigor da economia da região, mas pelos tesouros valiosos da cultura popular local, que possibilitam o renascimento artístico que vem a ser a síntese e o ensaio da brasilidade aberto ao universal.
A afirmação foi feita pelo senador Inácio Arruda PCdoB-CE) em sessão de homenagem aos 100 anos de emancipação do município de Juazeiro do Norte, comemorados na hora do expediente da sessão legislativa desta terça-feira (16).
Os cem anos de emancipação do município, ressaltou Inácio Arruda, também são marcados pela Universidade Federal do Cariri, cuja criação foi anunciada pela presidente Dilma Rousseff. A universidade terá como sede a cidade de Juazeiro do Norte, com campus em Barbalha, Crato, Brejo Santo e Icó.
Em seu discurso, Inácio Arruda disse que homenagear Juazeiro do Norte também significa prestar uma homenagem ao Padre Cícero Romão Batista (o primeiro prefeito da cidade) e ainda aos reisados; aos tocadores de pífanos; aos mestres rabequeiros; às romarias; à força do simbolismo; aos encantos da Floresta Nacional do Araripe, a primeira instituída pelo governo brasileiro no 2º Império; e a muitas outras manifestações culturais locais.
Inácio Arruda destacou ainda que Juazeiro do Norte foi o primeiro distrito cearense a fazer alforria de seus escravos, que a conquistavam à medida que trabalhavam na construção da Capela de Nossa Senhora das Dores, na antiga localidade de Tabuleiro Grande, na região do Crato. O senador explicou ainda que o nome do município homenageia o juazeiro, que é uma das árvores mais resistentes da caatinga.
Juazeiro do Norte, disse Inácio Arruda, é hoje a terceira cidade mais populosa do Ceará, com quase 250 mil habitantes. O artesanato e a ouriversaria, informou o senador, são atividades fortes do município, que é o maior pólo calçadista do Norte e Nordeste e o terceiro do Brasil.
Juazeiro do Norte, disse Inácio Arruda, constitui ainda um caso raro de município que alcançou a sua emancipação política unindo a força das armas e da fé, que se organizou em torno de Padre Cícero. Ele lembrou que a demanda por emancipação encontrou resistência nas forças políticas tradicionais que dominavam a região. Muitas mobilizações foram feitas, com a participação da imprensa e de personalidades locais que incentivaram a população a lutar pela independência do município.
Durante a homenagem, a criação da Universidade Federal do Cariri, que será a terceira universidade federal no Ceará, também foi saudada pelo senador José Pimentel (PT-CE). Na avaliação do senador, a iniciativa irá ampliar a oferta de educação de qualidade ao povo cearense.
José Pimentel lembrou que o binômio formação-trabalho sempre esteve na base da formação da sociedade de Juazeiro do Norte, ressaltando que a criação de pequenos empreendimentos era estimulada pelo Padre Cícero, que recomendava a seus seguidores: "Em cada sala, um altar; em cada quintal, um negócio".
Já o senador Eunicio Oliveira (PMDB-CE) lembrou que todos os cearenses torcem atualmente pela beatificação do Padre Cícero, como resultado de um processo de reabilitação eclesial do religioso que tramita no Vaticano. Ele acrescentou que Juazeiro do Norte é hoje um dos maiores centros de peregrinação e religiosidade popular da América Latina, graças à figura do Padre Cícero.
Como último orador da sessão, o senador Geovani Borges (PMDB-AP) enalteceu a região de Juazeiro do Norte, prestando uma homenagem à colônia nordestina no Amapá. Ele destacou que o município cearense abriga um avançado parque industrial, além de grandes festas anuais, majoritariamente religiosas, que mobilizam a atenção de turistas e romeiros brasileiros e do exterior.
FONTE AG. SENADO

Bibliotecas escolares passarão a ser obrigatórias


[Foto]


Dentro de no máximo 10 anos, deverá haver uma biblioteca escolar em cada instituição de ensino do país, pública ou privada. A obrigatoriedade está prevista no Projeto de Lei da Câmara (PLC) 324/09, cujo relator foi o senador Cristovam Buarque (PDT-DF), que foi aprovado em decisão terminativa, nesta terça-feira (13), pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).
Segundo o projeto, considera-se biblioteca escolar a coleção de livros, materiais videográficos e documentos registrados em qualquer suporte destinados a consulta, pesquisa, estudo ou leitura. No que diz respeito ao acervo de livros, deverá haver pelo menos um título para cada aluno matriculado. E os sistemas de ensino, ainda de acordo com a proposta, promoverão "esforços progressivos" para alcançar a universalização das bibliotecas escolares.
- Este projeto só tem dois defeitos: demorou tantas décadas para ser aprovado e estabelece um prazo longo para sua execução. Os sistemas de ensino poderiam reduzir de 10 para cinco anos o prazo de instalação das bibliotecas - sugeriu Cristovam, ao apresentar seu voto favorável à proposta.
Em seu texto, o relator lembrou que o Brasil tem uma biblioteca pública para cada 33 mil habitantes, enquanto a vizinha Argentina tem uma biblioteca para cada 17 mil habitantes. O senador citou ainda pesquisa promovida pelo Ibope, segundo a qual o brasileiro lê, em média, 4,7 livros por ano - cifra que cai para 1,3 quando se excluem os livros didáticos. Nos Estados Unidos e na França, a média é de 10 livros por ano.
Entre os motivos para o baixo índice de leitura no Brasil, Cristovam mencionou a existência de 10% de adultos analfabetos e o elevado custo dos livros. Citou ainda dados do Ministério da Educação, segundo os quais 68% das escolas públicas do país não dispõem de biblioteca.
- A verdade é que as classes educadas do Brasil já estão chegando à época digital, com os e-books, enquanto as camadas sem acesso à educação ainda não entraram no tempo de Gutenberg, quase 600 anos depois que ele inventou a imprensa - comparou.
Ao apoiar o projeto, o senador Romeu Tuma (PTB-SP) elogiou iniciativas da própria sociedade no sentido de estimular a leitura, como a implantação de bibliotecas informais em pontos de ônibus e até mesmo em um açougue, como ocorre em Brasília (DF). Por sua vez, o senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS) elogiou a realização da Feira do Livro de Porto Alegre, que recebe cerca de 700 mil visitantes a cada ano, e pediu que as novas bibliotecas escolares também ofereçam acesso à comunidade - e não apenas aos alunos.
Dezenas de bibliotecárias e de estudantes de Biblioteconomia que acompanharam a reunião aplaudiram a aprovação do projeto. Na opinião da diretora da Biblioteca Central da Universidade de Brasília, Sely Costa, que compareceu à reunião, este pode ser considerado um grande passo em direção à maior difusão da leitura e do conhecimento.
- É uma vitória enorme para um país como o nosso. Seremos um dos poucos países em desenvolvimento a contar com uma lei que torna obrigatória a existência de bibliotecas nas escolas - afirmou Sely, que defendeu ainda a oferta de cursos a distância para tornar possível a formação de um maior número de bibliotecários em todo o país.
Marcos Magalhães / Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

FONTE AG, SENADO

Deputado Roque acompanha anúncio da instalação da Universidade Federal da Região do Cariri

O anúncio foi feito em cerimônia nesta manhã em Brasília com a presença da presidente Dilma Rousseff e do ministro da Educação, Fernando Haddad. Até 2012, quatro novas universidades federais serão instaladas nos Estados do Pará, da Bahia e do Ceará. O deputado estadual Sineval Roque (PSB) participou da solenidade juntamente com lideranças políticas do Estado e da Região do Cariri.

De acordo com o Ministério da Educação, a Universidade Federal da Região do Cariri, no Ceará, terá sede em Juazeiro do Norte. Além disso, serão abertos 47 novos campi universitários e 120 unidades dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia distribuídos por todo o país.

Para o deputado estadual Roque a implantação de mais uma Universidade no Cariri marca um novo momento da interiorização do Ensino Superior no Brasil. “O desenvolvimento acontece em todos os sentidos. A Universidade Federal do Cariri vai suprir uma demanda dos estudantes não só do Ceará, mas de todo o País”, avalia o parlamentar.

Juazeiro do Norte, Barbalha e Crato terão campus da Universidade Federal do Cariri, segundo o deputado Roque. “Hoje o Cariri é uma das regiões mais promissoras do Nordeste no setor da educação profissional e superior”, afirma Roque.

No total, as quatro novas universidades terão 17 campi, dos quais 12 serão criados. Os outros cinco serão transferidos de outras universidades já existentes. Ainda nesta terça, prefeitos de 120 municípios assinaram compromisso com o governo federal de oferecer terrenos para a instalação de unidades de educação profissional em suas cidades.

As novas escolas devem ficar prontas entre 2013 e 2014. A essas 120 unidades de educação profissional se somam 88 que estão em construção com término previsto para o final de 2012. Segundo o MEC, ao final de 2014, o país terá 208 novas unidades de educação profissional.

No Ceará, uma comissão técnica formada pela Universidade Federal do Ceará (UFC), será criada para a implantação da nova universidade. Segundo o reitor da UFC, Jesualdo Farias, a equipe será formada por professores experientes da própria UFC e também um integrante da região, que tenha conhecimento técnico do assunto.

Saiba mais

Atualmente, a cidade de Juazeiro ocupa a primeira posição em número de cursos universitários no interior do Estado. São mais de 50, incluindo um pool de universidades criadas na última década, mais as universidades públicas, como a Universidade Regional do Cariri (Urca), que tem dois campi na cidade, além das Faculdades Leão Sampaio, com 12 cursos, Faculdade de Medicina de Juazeiro (FMJ), da Estácio de Sá, Faculdades de Juazeiro do Norte, Faculdade Objetivo, Faculdades Paraíso, dentre outras instituições que a cada dia aporta, na cidade.


Gabinete deputado estadual Sineval Roque (PSB)

Assessoria de imprensa - Karol Martins /JP/CE 01938

(85)8848.8321/3277.2562